A maior exchange global de criptomoedeas, Binance, supostamente chegou ao Brasil apresentando dados falsos de telefone e email à Receita Federal, revelou o jornal O Globo.

Segundo informações encontradas no CNPJ.biz, a empresa B Fintech Servicos de Tecnologia, apresenta Changpeng Zhao, CEO da corretora, como “Sócio Pessoa Física Residente no Exterior” representado por um procurador.

Os contatos de telefone e email são, respectivamente, (11) 1111-1111 e [email protected] A data de abertura do CNPJ é de 24 de junho de 2020 e o capital social é de R$ 50.000.

Apesar de ter ingressado apenas no ano passado no mercado brasileiro, a Binance já abocanha 40% do volume no país, de acordo com dados do Coin Trader Monitor.

A matéria d’O Globo sobre o assunto ainda destaca que a corretora recentemente “apareceu em inquérito policial como destino de R$ 1,2 bilhão aplicados pelo ‘faraó do Bitcoin'”, o dono do suposto esquema de pirâmide GAS Consultoria.

Procuramos a assessoria de imprensa da Binance para um esclarecimento oficial, mas não tivemos resposta até o fechamento da reportagem.

Uma explicação razoável, porém, foi dada no Twitter por João Abitante, conhecido como o Contador Libertário:

Veja também:

A NovaDAX está completando três anos!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil completa três anos no mês de novembro e quem ganha é você! 

Serão até 30 moedas com taxa zero para transações e mais de 80 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.