Cointimes
Bitcoin

1 bilhão de dólares em criptomoedas foram roubados em 2018

Quase 1 bilhão de dólares em criptomoedas foram roubados em 2018, o número assusta mas poderia ser evitado com medidas simples.

De acordo com o relatório de inteligência da empresa CipherTrace, ” Cryptocurrency Anti-Money Laudering”, apenas nos últimos 9 meses o roubo de criptomoedas chegou a 927 milhões de dólares.

Segundo dados do relatório, apenas nos seis primeiros meses de 2018, foram identificados mais roubos do que em todo o ano de 2017.

Cerca de 731 milhões foram roubados de exchanges, sendo os maiores hacks o da Japonesa Coincheck, que perdeu 530 milhões da criptomoeda NEM e o da BitGrail. O hack da Bitgrail afetou usuários da criptomoeda Nano.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

O relatório também cobre hacks de criptomoedas, como é o caso do “Bitcoin” Gold, que teve seu blockchain hackeado devido a baixa quantidade de hash na rede (ataque de 51%). Somente esse tipo de ataque causou mais de 18 milhões de dólares em perdas.

Maiores roubos

O relatório destaca os principais roubos de criptomoeda do terceiro trimestre de 2018 como Bithumb, que perdeu cerca de US $ 30 milhões em uma “intrusão cibernética” e Bancor que perdeu US $ 13,5 milhões devido a uma violação em um contrato inteligente e foi forçada a encerrar temporariamente as operações.

A  Coinrail, corretora de câmbio coreana, também perdeu mais de US $ 40 milhões em altcoins.

Destaca-se o fato de que os EUA saíram como um dos países mais vulneráveis ​​ao roubo de criptomoedas, com 56% de todos os ataques acontecendo aqui.

Com o depósito de criptomoedas e os portfólios dos detentores perdendo valor diariamente, a última coisa que eles precisam é ter sua criptografia roubada devido a uma ameaça cibernética.

É importante alertar que uma boa parte desses hacks poderia ser evitada com a utilização correta de boas carteiras de criptomoedas. E lembre-se, evite guardar suas criptomoedas em exchanges, para isso utilize as melhores wallets e procedimentos, veja os posts abaixo:

https://cointimes.com.br/as-melhores-carteiras-de-bitcoin/

https://cointimes.com.br/como-garantir-a-seguranca-dos-bitcoins/

Este tipo de conteúdo é relevante para você ou alguma pessoa que você conhece? Se for, siga e compartilhe a página do Cointimes e se mantenha sempre atualizado no mercado – FacebookTwitterInstagram.


 

BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!

 


 

Related posts

Minuto Cointimes #33 – Exigências da SEC, Bitcoin na lista negra, Paraguai x Noruega e mais

Neto Guaraci
2 anos ago

Diretor da Pantera Capital acredita em crescimento exponencial do ETH no ciclo atual

João Victor
22 horas ago

Análise técnica do Bitcoin – 11/04/19

Tasso Lago
2 anos ago
Sair da versão mobile