Cointimes
Bitcoin

3 razões que podem fazer o preço do Bitcoin despencar agora

Bitcoin em vermelho

O bitcoin apresenta uma queda de aproximadamente 5% no mês de dezembro e luta para se manter acima dos R$90 mil ou US$ 18 mil. 

Com nível de ganância do mercado superando os de 2017, queda média de 13% no valor de derivativos para US$17.705 e alta de ~70% no último trimestre, muitos investidores esperam naturalmente uma correção. Entretanto, alguns acontecimentos podem acelerar uma possível queda e você precisa conhecê-los.

1. Capitulação dos mineradores

As prospecções de queda aumentam significativa quando os mineradores – responsáveis por dar segurança a rede e gerar novas moedas – despejam seus ativos em troca de dólares ou yuans. E é isso que está acontecendo agora, Ki-Young Ju segundo o CEO da CryptoQuant. 

Ki-Young  notou que o inflow de bitcoins nas exchanges aumento nos últimos dias. 

“Obviamente, os mineradores estão vendendo muito $BTC hoje. Ainda estou long, mas este não é um bom sinal a curto prazo. “

tuitou @ki_young_ju

Já mostramos que grande parte dos mineradores estão no bitcoin pensando no longo prazo, ou seja, eles só vendem quando o mercado pode comprar. Nas últimas semanas a compra de BTC por fundos foi maior que todos os bitcoins mineradores – tivemos uma demanda alta. 

Entretanto, o fluxo pode mudar e sem querer os mineradores podem derrubar o mercado.

2. Regulamentação nos EUA

Na terça-feira, os rumores sobre uma possível regulamentação das criptomoedas tomaram corpo. A senadora Warren Davidson mandou uma carta pedindo mais informações sobre uma proposta que pode (alegadamente) restringir o uso de carteiras de bitcoin e aumentar a burocracia na compra da moeda. 

Os norte-americanos não são apenas o maior mercado consumidor do mundo, eles também influenciam a legislação de outros países alinhados e servem de exemplo para a Europa e América do Sul. 

Uma regulamentação restritiva nos EUA seria um desastre para o resto do mundo e ela pode facilmente gerar uma onda de vendas e derrubar o preço do bitcoin do dia para a noite.

3. Dólar em queda

O Brasil não produz bitcoin, isso significa que precisamos importar essa commoditie ao preço do dólar. Como resultado, se o dólar cair então o btc também acompanha. Atualmente a moeda americana é negociada a R$5,07, mas antes da pandemia ela encontrava na faixa dos R$4,20. 

Se o BC subir a taxa de juros e Guedes conseguir manter o otimismo do mercado sem furar o teto da meta e aumentar os gastos, existe uma probabilidade do dólar despencar. E quem tende a acompanhar? O Bitcoin. 

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Sair da versão mobile