De acordo com relatório da CoinTrader Monitor, as exchanges do Brasil coletivamente chegaram a movimentar 351.204,65 bitcoins, o equivalente a R$ 63,2 bilhões na cotação atual. Segundo a empresa de análise, todas as informações de volume foram coletadas diretamente das exchanges através de seus respectivos canais de informações.

Assim como em 2019, a Mercado Bitcoin foi a corretora com maior volume registrado, mas perdeu cerca de 10% de parcela de mercado em relação ao ano anterior. Em 2020, as movimentações da exchange representaram 21,5% do valor total.

Hoje, as corretoras com maiores parcelas de mercado no Brasil são Binance, NovaDAX, BitPreço, Foxbit e Coinext, respectivamente. Abaixo, o gráfico do volume de 2020 a cada mês separado por cada corretora responsável.

Volume por corretora de bitcoin. Fonte: CoinTrader Monitor.
Volume por corretora de bitcoin. Fonte: CoinTrader Monitor.

Os maiores volumes foram em março e maio, ultrapassando os 40.000 bitcoins negociados. Apenas de fevereiro para março, o aumento do volume foi de 85% para as corretoras nacionais, saltando de 22.960 BTC para 42.390 BTC negociados. O relatório também percebeu semelhanças e diferenças ao comparar o volume mensal de 2020 com 2019.

Volume mensal de 2020 e volume mensal de 2019. Fonte: CoinTrader Monitor.
Volume mensal de 2020 e volume mensal de 2019. Fonte: CoinTrader Monitor.

O estudo aponta fevereiro como um mês com baixo volume em ambos os anos, além do desaquecimento do mercado após agosto. No entanto, a partir de outubro o mercado foi diferente para 2020, com o início de uma bull run muito mais forte do que já estava acontecendo após a queda de março.

A grande queda e o grande volume

Nos dias 11 e 12 de março o bitcoin passou por uma das suas quedas mais expressivas dos últimos anos. A criptomoeda que era negociada por volta dos R$ 38 mil retornou ao patamar dos R$ 24 mil em pouco mais de 48 horas, com uma queda acumulada de quase 50% na semana.

Não coincidentemente, o dia 13 de março ficou marcado como o dia de maior movimentação de bitcoins nas exchanges brasileiras. No total, 4.267,55 bitcoins foram movimentados no dia. O medo e a incerteza do mercado fizeram os investidores agitarem suas moedas nas bolsas de negociação.

Apesar de causar dúvidas em diversos investidores, o momento foi bom para as corretoras e os bitcoiners que decidiram aumentar suas posições, ganhando mais de 700% até o fim do ano.

Veja também: Quais as melhores exchanges de bitcoin do Brasil

*Texto escrito com a colaboração de João Victor.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br