68% têm conta em banco digital

Em uma pesquisa feita exclusivamente pelo Cointimes sobre o mercado de criptomoedas, 1108 pessoas foram entrevistadas. Na qual 652 pessoas ou mais de 50% é composta por investidores de criptomoedas.

Entre os investidores de criptomoedas pelo menos 68% têm conta em banco digital (Banco Inter, Banco Neon, NuConta e outros). Afinal, o que explica a grande maioria dos investidores de criptomoedas terem contas em bancos digitais?

Tarifas mais em conta

Nós também já abordamos as tarifas cobradas pelos bancos tradicionais baseados em uma pesquisa do IDEC. A constatação que tivemos foi reveladora: os bancos tradicionais cobram mais pelas suas tarifas do que os bancos digitais. Você pode conferir com mais detalhes clicando aqui.

tarifa banco do brasil

Na verdade, ampla maioria dos bancos digitais não têm nenhuma tarifa para manutenção de conta. Além disso, os bancos digitais não cobram taxa de TED, serviço que já é cobrado pelos bancos tradicionais como Itaú, Banco do Brasil, Bradesco e CAIXA.

É aí que mora o grande segredo: muitas corretoras de Bitcoin não têm contas em todos os bancos tradicionais. Ou seja, abrir conta em banco digital só para comprar Bitcoin é extremamente eficiente, porque o custo de transação é reduzido a próximo de zero.

Além disso, muitos investidores também possuem conta em bancos digitais para fazerem operações p2p, isto é, vender Bitcoin diretamente para outra pessoa sem precisar de uma corretora. Então ter conta em banco digital diminui os custos de transação e ainda aumenta a eficiência da operação.

Bancos tradicionais vs banco digital - Cointimes

Facilidade

O mundo se torna cada vez mais dinâmico e digital, de forma que aguardar em filas de banco para resolver um problema se torna obsoleto. A maioria das soluções para problemas desses bancos se dá através de um suporte de mensagens instantâneas ou e-mail, não sendo necessário se deslocar fisicamente a um banco.

Abrir uma conta em um banco digital em média leva 2 dias, foto de documento e uma selfie. Por outro lado, o processo é mais burocrático quando observamos os bancos tradicionais, o que afugenta um pouco os investidores de cripto.

Ademais, a maioria dos investidores de cripto têm idade entre 25 e 35 anos, então pensar que a maioria deles (68%) têm conta em banco digital não é nada surpreendente. Isso só confirma um comportamento que está sendo observado nos dias atuais: a facilidade e o interesse dos jovens em se adaptarem a novas tecnologias.

Leia também:

https://cointimes.com.br/quem-investe-no-brasil-resultado-da-pesquisa/

https://cointimes.com.br/banco-digital-vs-banco-tradicional-qual-escolher/

Gostou do conteúdo? Quer receber mais análises como essa? Então se inscreva no canal do Cointimes no Youtube e siga o FacebookTwitter e Instagram.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br