Cointimes
Altcoins

72% dos investidores qualificados dos EUA pretendem investir em DeFi, afirma estudo

72% dos investidores qualificados dos EUA pretendem investir em DeFi, afirma estudo

A plataforma de criptomoedas Xangle publicou um estudo com resultados muito otimistas para o mercado DeFi. A pesquisa realizada com investidores qualificados mostrou que 72% dos entrevistados possuem interesse em investir no mercado das Finanças Descentralizadas (DeFi).

O estudo foi realizado com 379 investidores qualificados dos Estados Unidos e possui o objetivo de compreender as perspectivas de investimento por parte dos mercados institucionais. Investidores qualificados são pessoas físicas ou jurídicas que possuem autorização legal emitida por órgãos reguladores para se investir em determinados mercados e ativos. 

Para se tornar um investidor qualificado nos Estados Unidos é necessário ter patrimônio líquido superior a US$1 milhão, excluindo-se o valor da residência principal. 

Segundo Lihan Lee, cofundador da Xangle:

As descobertas da pesquisa confirmaram nossa crença de que os investidores credenciados estão muito animados com o investimento em criptoativos, mas eles estão sendo retidos devido à falta proteção regulatória, fraudes, e falta de conscientização e educação em torno do assunto.

As principais descobertas da pesquisa 

O estudo apresentou algumas conclusões curiosas a respeito da posição dos investidores. De acordo com a pesquisa, 87% dos entrevistados conhecem o Bitcoin e 70% investem na criptomoeda, contudo, 72% acreditam que o Bitcoin é uma bolha.

A única conclusão possível disso é que muitos investidores investem na criptomoeda mesmo acreditando que ela é ou pelo menos está em uma bolha especulativa. Outras conclusões importantes foram deduzidas:

Para um investimento de 100 mil dólares com duração de 4 anos, 31,7% afirmaram que escolheriam o Bitcoin e 29% ações.

Uma pesquisa realizada pela empresa japonesa Bitflyer, mostrou que o Bitcoin e demais criptomoedas se tornaram o 4º investimento mais procurado pelos investidores para o ano de 2021. Contudo, neste estudo as ações estão disparadas como o investimento mais procurado por 54% dos entrevistados.

Leia mais: Bitcoin ultrapassa ouro e se torna 4º investimento mais popular para americanos

Posts relacionados

Monero financia rede descentralizada de rádio na Venezuela

Neto Guaraci
11 de fevereiro de 2020

Inclusão? Custo de transacionar criptomoeda é de quase 25% do salário mínimo brasileiro

Neto Guaraci
20 de janeiro de 2022

Mistério resolvido, acharam quem pagou milhões em taxas no Ethereum

Cointimes
17 de junho de 2020
Sair da versão mobile