A empresa de investimento global de US$ 310 bilhões, Guggenheim Partners, finalmente pode colocar até 10% de seu Fundo de Oportunidades Macro em ações da Grayscale Bitcoin Trust para obter exposição indireta à maior criptomoeda do mundo.

Os efeitos de seu documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) – divulgado pela primeira vez no final de novembro – entraram em vigor nesta segunda-feira.

O CIO da Guggenheim, Scott Minerd, vai parar de tentar derrubar o preço do Bitcoin?

Depois de revelar publicamente sua meta incrivelmente otimista do Bitcoin a US$ 400.000 em um comentário passageiro em dezembro, o CIO do Guggenheim, Scott Minerd, aparentemente “mudou de ideia” sobre a criptomoeda.

Ao longo de janeiro, ele costumava aparecer nos principais canais de notícias de negócios, como Bloomberg e CNBC, para falar sobre Bitcoin.

Em 11 de janeiro, ele tuitou que a tendência de alta parabólica da criptomoeda era “insustentável” e mais tarde disse que cairia para US$ 20.000 no “Closing Bell” da CNBC.

Em sua entrevista mais recente sobre Bitcoin com a Bloomberg, ele opinou que não havia demanda institucional suficiente para evitar uma grande correção.

O que está por trás dessa mudança repentina em seu tom? O economista e analista de criptomoedas Alex Krüger presumiu que Minerd queria convencer seu público a vender antes para que Guggenheim pudesse comprar mais barato.

Agora que a gigante dos serviços financeiros finalmente pode entrar no jogo, resta saber se Minerd mudará de tom nas próximas semanas.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br