Cointimes
Criptomoedas

Academia Brasileira de Letras reconhece “criptomoeda” no vocabulário

Entrada da Academia Brasileira de Letras, com a estátua Layser Eyes de Machado de Assis à direita

Criptomoeda, homoparental, infodemia, feminicídio e sororidade. Estas palavras vão constar pela primeira vez na 6º Edição do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp), da Academia Brasileira de Letras. 

O Volp, que é um levantamento de palavras existentes na língua portuguesa, pela primeira vez, contará com a palavra “criptomoeda”. A sexta edição, que também está disponível on-line, é a primeira atualização da publicação desde a 5ª edição, lançada em 2009 – mesmo ano de lançamento do bitcoin.

A Academia Brasileira de Letras em seu comunicado oficial no site não explicou porque só agora incluiu a palavra “criptomoeda” no vocabulário brasileiro, sendo que o surgimento desse termo se deu no século passado. 

No final das contas, o Cointimes vai ter que explicar para os acadêmicos qual é a etimologia da palavra criptomoeda. Esse termo popularizado em 2017, após um ciclo de alta no mercado, que tem suas primeiras menções na década de 80 em pesquisas de David Chaum

Você conhece a pré-história do bitcoin?  Assista o vídeo sobre a criptomoeda; do latim (kryptós) oculto, secreto, obscuro, ininteligível + (monetæ) moeda.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Posts relacionados

Analista Alex Krüger discorda que o halving já esteja precificado

Gustavo Marinho
10 de janeiro de 2020

Hashrate da Ethereum atinge recorde e Bitcoin retrocede 3,50% em um dia – Resumo de Mercado

Bruno Haacke
28 de dezembro de 2021

Empresa de poker teve que comprar US$100 milhões em Bitcoin para pagar jogadores

Gustavo Marinho
23 de novembro de 2020
Sair da versão mobile