Foi rápido, mas muito lucrativo. O Bitcoin, que amargou queda atrás de queda no mês passado, acaba de encostar novamente na marca dos R$ 200.000 após alta relâmpago de 11% em apenas 24 horas. O movimento, que foi impulsionado por notícias vinculadas ao interesse de Elon Musk e Jeff Bezos, colocou um baita dinheiro no bolso dos investidores do Bitcoin.

Afinal, trata-se de um salto de 247% em apenas doze meses, triplicando o dinheiro de quem conseguiu investir na moeda digital mais famosa do mundo. 

Mas sabe qual é o mais impressionante de toda essa história?  Isso não é nada se comparado ao que algumas criptomoedas estão entregando para os seus investidores neste exato momento e podem continuar entregando daqui para frente. 

Embora muitos não saibam, o cripto é muito mais do que apenas Bitcoin. Atualmente existem 8 classes de criptoativos com 6 mil ativos digitais sendo negociados 24 horas por dia. Cada uma deles representando oportunidades tão grandiosas – e em alguns casos até mesmo maiores – do que as do próprio Bitcoin.

Aliás, o retorno do Bitcoin é ‘fichinha’ se comparado ao lucro entregue por alguns criptoativos específicos de algumas dessas classes. 

Como é o caso de um ativo digital fora do radar pertencente à classe “febre” do momento – DeFi (Finanças descentralizadas). Nem Google, Apple, Amazon, Tesla, Ethereum e até mesmo Bitcoin foram páreos para o retorno entregue pela mais nova estrela em ascensão do mercado de criptomoedas. Ela deixou todos para trás ao valorizar incríveis 3.868%.

Para que se tenha a dimensão da valorização, isso significa que aqueles que possuíam o criptoativo na carteira no início de 2021 puderam multiplicar o dinheiro investido por mais de 39 vezes no mesmo período que o Ibovespa oscila negativamente a renda-fixa perde para a inflação.

Embora tenha sido um salto relevante em uma janela relativamente curta de tempo, há quem diga que a cripto ainda está avaliada abaixo do seu valor justo. Uma dessas pessoas é o especialista eleito pela Coin Telegraph como um dos 50 criptoanalistas mais influentes do Brasil, André Franco.

04 de agosto – o evento que pode mudar o criptomercado para sempre 

Na opinião do analista, o evento que está programado para acontecer no dia 04 de agosto, vai fazer com que os retornos entregues pela cripto até o momento pareçam pequenos:

“Você vai precisar de apenas uma tacada. Essa poderá ser a maior – e última – oportunidade para fazer fortuna com um criptoativo em 2021. A alta do bitcoin é fichinha perto do que está criptomoeda deve entregar após o dia 04. Não é exagero dizer que quem se antecipar pode ficar milionário” – afirma o especialista

Franco está otimista com a data pelas semelhanças percebidas entre o fenômeno que vai acontecer no dia 04 e o halving (atualização responsável por fazer o Bitcoin entregar 8.432% de lucro e se multiplicar por 85 vezes em apenas um ano). Já te explicarei mais sobre ele adiante. 

Antes, é importante saber que, no dia 2 de agosto – antes do fenômeno acontecer – em um vídeo 100% online e 100% gratuito, André vai dar as instruções exatas para que os seus leitores consigam se antecipar e abocanhar os maiores lucros provindos desse evento, sem correr riscos desnecessários. Na opinião do analista não poderia haver momento melhor para aceitar o presente:

QUERO RECEBER UM LOTE DA CRIPTOMOEDA QUE PODE DECOLAR APÓS O DIA 4 DE AGOSTO

12 mil reais se tornaram R$ 1.000.000 após este fenômeno; agora ele vai se repetir em uma intensidade 3 vezes maior

Um dos principais pontos que faz o analista estar confiante com a cripto em questão é a semelhança que o evento do dia 04 possui com o Halving.

Você sabe o que é halving? Halving, que nada mais é do que a atualização programada no protocolo do Bitcoin que faz a quantidade de Bitcoin produzida CAIR PELA METADE a cada 4 anos. Ele ocorre para controlar a inflação do criptoativo mais famoso do mundo e evitar a flutuação artificial de preços da moeda digital. 

Da criação do bitcoin até agora, todo halving tem sido assim: a produção de Bitcoins diminui e, consequentemente, um novo ciclo de valorização começa, lei da oferta e da demanda. Repare no gráfico abaixo: 

Gráfico, Gráfico de linhas  Descrição gerada automaticamente

Fonte: mesari.io e Empiricus 

Ele demonstra a trajetória do Bitcoin após os dois últimos choques de oferta. O primeiro halving aconteceu em novembro de 2012. Resultado? O Bitcoin valorizou +8.438% nos 12 meses seguintes. Isso significa que, em apenas 1 ano: 

  • R$ 100 se tornaram R$ 8.538; 
  • R$ 1.000 se tornaram R$ 85.380; 
  • R$ 12.000 se tornaram R$ 1.000.000. 

Da mesma forma, o segundo halving, que aconteceu em julho de 2016, gerou +2.875% de valorização para o Bitcoin até o pico seguinte. Mas tudo isso já passou, quem conseguiu se antecipar ao halving do Bitcoin quando ele ainda era desconhecido teve a chance de ficar milionário. 

O importante agora é que no dia 04 de agosto um evento similar vai acontecer em uma intensidade 3 vezes maior, mas com outra criptomoeda, bem menor do que o Bitcoin.

Isso significa que os mesmos lucros serão entregues? Ou ainda, em escala 3 vezes maior? Não. 

Retornos passados não são garantia de retornos futuros. Mas, segundo André, é assimétricamente vantajoso estar posicionado nos ativos certos antes que eventos como esse de fato aconteçam. Você tem muito a ganhar e pouco a perder. 

Ainda mais se levarmos em consideração que Franco vai dar um lote da criptomoeda que poderá ser a maior beneficiada com o evento. 

‘Você vai poder molhar os pés neste mercado tão lucrativo recebendo na conta um lote do criptoativo que pode disparar após o evento do dia 04 de agosto’

QUERO RECEBER O LOTE DA CRIPTOMOEDA QUE PODE REPETIR OS LUCROS EXPONENCIAIS DO BITCOIN APÓS O HALVING

O movimento já começou e tem muita gente ganhando dinheiro

Por mais que tudo isso pareça conversa fiada, quem possui o ativo na carteira já está colhendo os frutos do evento antes mesmo que ele aconteça. Pois na data em que escrevo este artigo, ele já está subindo 7%. Nos últimos 5 dias já são 30% de alta.

valorização

Segundo André, a tendência é que quanto mais próximos chegamos da data, mais o ativo em questão se valorize, podendo dar os seus maiores saltos no dia 04, e até mesmo após essa data, como aconteceu com o Bitcoin após o halving.

“Se posicionar agora nos ativos certos antes que a data chegue é o mesmo que ter o convite para a final da Copa do Mundo antes da data chegar. Quando mais próximos estivermos mais o bilhete vai valer e mais lucro você vai ter”

QUERO RECEBER O LOTE DA CRIPTOMOEDA QUE PODE REPETIR OS LUCROS EXPONENCIAIS DO BITCOIN APÓS O HALVING

Pegue um lote da criptomoeda que pode decolar depois do dia 04 de agosto

Timing aqui é crucial. Por se tratar de uma janela de oportunidades bem pequena (e única), prevista para acontecer nas próximas semanas, você precisa agir agora, com as informações certas em mãos. Acredite, você não quer perder nenhum detalhe do que é preciso fazer para se antecipar a este evento

Afinal, podemos estar diante da maior – e última – chance de fazer fortuna com um criptoativo ainda em 2021.

Então, se você perdeu a primeira pernada de valorização da novata do universo cripto, não se preocupe, porque agora você tem outra chance de investir nela e capturar retornos, quem sabe, semelhantes – e poderá fazer isso da melhor forma.

Pois, como disse anteriormente, André vai distribuir lotes daquela que ele acredita ser a principal beneficiada do evento, por meio de um vídeo 100% online e gratuito que vai ao ar no dia 02 de agosto.

Para assistir ao vídeo basta cadastrar gratuitamente esta página. Você não paga 1 centavo para assisti-lo.

QUERO RECEBER UM LOTE DA CRIPTOMOEDA QUE PODE DECOLAR APÓS O DIA 4 DE AGOSTO

‘Muito a ganhar e pouco a perder’: por que André vai dar a criptomoeda de presente? 

Talvez você não saiba, mas André foi premiado pela Coin Telegraph como um dos 50 analistas mais influentes do país por dois motivos principais:

O primeiro deles foi o rendimento da sua carteira. Ela bateu recorde atrás de recorde em 2020 e 2021 a ponto de servir das suas indicações servirem de modelo para o fundo de cripto mais rentável do país no ano passado. Já são 1.700% de lucro entregue. Isso significa que, na média, cada 100 reais investidos nas indicações de Franco hoje seriam mais de 1.800 reais.

O segundo motivo se dá pelas iniciativas inovadoras que Franco fez e continua fazendo para popularizar e desenvolver o criptomercado. Por mais que “dar” um lote de criptomoedas pareça estranho em um primeiro momento, isso é extremamente comum para quem acompanha o trabalho de André. O analista já presenteou os seus eleitores com as suas grandes apostas em outras três oportunidades. 

A primeira delas foi em 2019, quando o analista decidiu dar o utility token Chainlink para os seus assinantes. Desde então, o criptoativo já acumula 3.400% de valorização. Ou seja, quem investiu o valor inicial dado por André já obteve multiplicações de 35 vezes. 

Quem não aproveitou o primeiro presente de André, mas decidiu aceitar o segundo, também não ficou para trás. Pois no 12/08/2020, Franco deu para os seus leitores um lote de AAVE. De lá para cá, já foram mais 826% de lucro acumulado, uma multiplicação superior a 9 vezes.

A mais recente delas foi aconteceu há poucos meses, no dia 12 de Abril. Nessa data Franco decidiu dar a cripto NFT Axie Infinity (AXS) de presente para aqueles que o acompanham. 

O resultado desde então foi verdadeiramente transformador, já que a AXS disparou. Ela saiu de 7 dólares para ser cotado em 46 na data em que escrevo este artigo. Uma valorização de 467% em apenas 3 meses. Multiplicando por 5 o capital de quem aceitou o presente de Franco.

Mas nada se compara com o potencial de transformação que Franco enxerga para essa nova oportunidade:

CADASTRE-SE GRATUITAMENTE PARA RECEBER UM LOTE DA CRIPTOMOEDA QUE PODE DECOLAR APÓS O DIA 4 DE AGOSTO


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das maiores exchanges do Brasil e do mundo, e compre Bitcoin, Ethereum, USDT e outras principais criptomoedas pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!