É um fato que a plataforma da Ethereum vive um dos seus melhores anos desde seu lançamento. Com uma valorização de quase 200% desde o início do ano, o ativo vive um momento de Hype e já superou a faixa dos 400 USD.

Essa alta valorização está muito ligada ao grande desenvolvimento de tokens e Dapps na plataforma da ETH, tais como Compound, Chainlink, USDC, Tether, entre outros. 

Esses tokens fizeram com que a demanda de ETH aumentasse cada vez mais para a realização de transações e operações envolvendo esses ativos.

Entretanto, esse cenário revelou um lado problemático do Ethereum…

Quer entender melhor o que está acontecendo com o Ethereum? Conheça nossa Assinatura!

Análise semanal

Por dentro do mercado

Taxas de transação da Ethereum atingem máxima histórica essa semana!

Com o boom das DeFi e das stablecoins, as taxas de transações da ETH atingiram sua máxima histórica, evidenciando a grande demanda pela Blockchain do ativo e sua falta de escalabilidade, no curto prazo, para suportar o uso intenso de sua rede.

Ler notícia

Correlação (últimos 90 dias)ETHOUROS&P
BTC (Bitcoin)0,87340,13750,2258
Variação sobre última semana-0,011-0,0420,0803

  • Apesar de muitos analistas estarem apontando uma alta correlação entre BTC e o ouro, os ativos, no curto prazo, estão reduzindo sua correlação (em partes por conta da lateralização da moeda digital). 
  • A correlação entre o BTC e o S&P 500 se manteve estável, tanto no curto prazo (últimos 30 dias) quanto no longo prazo (últimos 90 dias). 

Correlação mensal S&P 500 e Bitcoin no último ano (mensal)

Fonte: Coinmetrics

O mercado está ganancioso

O Bitcoin se manteve estável na última semana, com uma pequena valorização nos últimos sete dias (de cerca de 0,9%). Entretanto, o mercado permanece em estado de ganância extrema, o que mostra uma confiança irracional nesse momento do ativo, que ainda não definiu sua próxima tendência de mercado.

Medo e Ganância do mercado

Fonte: Alternative

O volume do mercado Spot está acima da média

Fonte: Coinbase

Apesar da volatilidade decrescente do BTC nas últimas duas semanas, o ativo apresenta um excelente momento de mercado em termos de volume.

De acordo com dados da Coinbase, o volume do ativo no mercado spot permanece acima de sua média, de uma forma consistente, nas últimas duas semanas.

A Volatilidade está estável

Quando observamos a volatilidade do BTC no curto prazo (7 dias), percebe-se um decréscimo dessa nas últimas duas semanas, o que está tornando a volatilidade do BTC no longo prazo estável e um pouco abaixo de sua média anual.

Fonte: Coinbase

Em queda constante

Enquanto o BTC se comportou de forma lateralizada nessas últimas semanas, ETH e XRP apresentaram ganhos de 8% e 4%, respectivamente, e reduziram a dominância de mercado do BTC abaixo dos 59%, o menor valor dos últimos 12 meses!

Destaque do mercado

Cuidado com o Hype!

YAM Finance, um protocolo Defi lançado na terça passada que, em poucos dias, havia acumulado mais de 60 milhões de dólares de valor de mercado, passando a ser considerado uma das principais promessas DeFi, perdeu 99% do seu valor em menos de um dia.

Essa perda se deu por conta de uma falha em seu sistema, o que deixou milhares de investidores no prejuízo. Deixamos um único recado: cuidado com o Hype das DeFi, ainda estamos observando um mercado novo e em desenvolvimento.


Estudo de mercado

As Defi podem morrer se o ETH 2.0 não ocorrer logo!

É um fato que a plataforma da Ethereum vive um dos seus melhores anos desde seu lançamento. Com uma valorização de quase 200% desde o início do ano, o ativo vive um momento de Hype e já superou a faixa dos 400 USD.

Essa alta valorização está muito ligada ao grande desenvolvimento de tokens e Dapps na plataforma da ETH, tais como Compound, Chainlink, USDC, Tether, entre outros. 

Esses tokens fizeram com que a demanda de ETH aumentasse cada vez mais para a realização de transações e operações envolvendo esses ativos.

Entretanto, esse cenário revelou um lado problemático do Ethereum…

Valorização do BTC vs Ether em 2020 (em USD)

Fonte: Investing

O restante do conteúdo é exclusivo para assinantes.
Quer ler o relatório completo?