O ex-analista de risco do Bear Stearns, Tone Vays, diz que ainda acredita que o Bitcoin provavelmente sofrerá uma grande retração antes de iniciar outra alta de longo prazo.

No entanto, a recente ação de preço o faz se sentir otimista no curto prazo.

De acordo com Vays, o grande teste é se o BTC consegue ultrapassar a alta de julho do ano passado, de US$ 13.900.

A longo prazo, se o BTC puder atingir sua máxima histórica de cerca de US$ 20.000, Vays diz que é praticamente certo que os US$ 100.000 seguirão.

Coinext 760x150

 

“Se semana puder fechar acima de US$ 9.000, eu me torno um touro para fevereiro… Estou pronto para declarar um mercado de alta? Não.

Temos uma alta mais baixa, temos uma baixa mais alta, mas precisamos de uma alta mais alta.

Não me importo de comprar Bitcoin [acima de US$ 13.900]. Não me importo de comprar Bitcoin aqui. Talvez eu venda meu carro. Talvez eu venda meu apartamento. Não sei, vou pensar em algo.

Não tenho problema em comprar Bitcoin por US$ 20.000. Não tenho nenhum problema em fazer isso, porque terei 99% de certeza de que o Bitcoin vai para US$ 100k.

Mas não estou disposto a comprar Bitcoin com a expectativa de que caia 50%.”

Enquanto isso, Scott Melker, da TexasWest Capital, concorda que, apesar do grande mês do BTC, é muito cedo para comemorar.

E você, concorda com a análise técnica de Tone Vays? Estaria disposto a pagar 20 mil dólares por bitcoin? Deixe seu comentário abaixo.


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br