Breaking News  
ICO: aprenda a escolher um bom projeto antes de investir Bitcoin

ICO: aprenda a escolher um bom projeto antes de investir

Aprenda a escolher um bom projeto para investir e fugir de fraudes.

Lucas Bassotto
Lucas Bassotto

Fizemos esse post com o objetivo de prevenir que pessoas entrem em projetos fraudulentos no mercado de ICO. Nesse post você vai aprender a escolher um bom projeto para investir nesse promissor mercado de ICOs.

O que é um ICO?

Um ICO (Initial Coin Offering ou Oferta Inicial de Moeda) é um novo meio que startups ou empresas têm para arrecadar fundos para a execução do seu projeto de negócios através de tokens baseados em uma plataforma de blockchain que são comprados com Ethereum ou Bitcoin. A execução de um ICO lembra muito um IPO, que é quando uma empresa lança suas ações na bolsa de valores para levantar fundos. Entretanto um ICO, é muito mais barato e prático de ser realizado, sendo mais inclusivo do que um IPO.

O que é um token?

Token é uma unidade de valor virtual que está armazenada na blockchain do Ethereum, Waves ou qualquer outra plataforma de tokens. Existem basicamente dois tipos de tokens: equity tokens e utility tokens. O objetivo do primeiro é representar uma parte da empresa, exatamente como uma ação. O objetivo dos utility tokens por sua vez é servir como uma unidade de pagamento de serviços os quais o ICO está propondo.

token ico
Como funciona a tokenização de um ativo na rede ethereum.

A tokenização da economia é um fenômeno relativamente novo que se popularizou em uma velocidade impressionante, especialmente no final ano passado. A razão para isso é a facilidade de emitir novos tokens e colocá-los á venda. A maioria dos ICOs utilizam a arquitetura ERC-20 do Ethereum, que é mais amigável e fácil de se programar. Atualmente é possível criar um token com funcionalidades básicas em algumas horas.

Toda facilidade, entretanto, além de atrair ótimos projetos e facilitar muitas startups promissoras, também atraiu muitas pessoas de má índole. Infelizmente muitos golpistas se utilizam dessa inovação para enganar investidores com um projeto que nunca existirá. O objetivo desse post é te ensinar a escolher os melhores projetos e evitar passar por essa péssima situação.

ico analysis
Arrecadação de ICOs em 2018 já superou toda arredação em 2017. Fonte: http://cryptoventures.io/2018/04/28/q1-token-report-and-ico-market-analysis/

Projeto

Antes de entrar em um ICO, é necessário realizar uma pesquisa sobre o modelo de negócio que a empresa está propondo. Evite colocar seu dinheiro em projetos muito utópicos, extremamente complexos de serem realizados e que fazem muitas promessas. O ideal é sempre escolher projetos relativamente simples e inovadores, um deles foi o ICO da TaTaTu (espécie de Netflix descentralizado), que foi o maior ICO em termos de arrecadação.

É essencial ser extremamente crítico em relação as propostas do projeto, não se deixar levar pelo hype. Sempre se pergunte sobre a viabilidade do projeto, pesquise por ideias semelhantes e procure pelos concorrentes.

Whitepaper

Realizar uma leitura exaustiva do whitepaper do projeto que você está pretendendo investir é obrigatório. Um bom whitepaper dará explicações satisfatórias sobre o planejamento do ICO, que ajudará a responder perguntas como: O que será feito? Como ser? Por que? Em quanto tempo? Qual será a distribuição dos tokens? Como os fundos serão utilizados? Quais são as pessoas envolvidas?

Os objetivos do projeto precisam ser claros o suficiente para que todos entendam. Caso isso não ocorra, é um sinal de que as pessoas responsáveis não saibam o que estão fazendo. Se o whitepaper não fornece claramente essas respostas, é recomendado evitar o investimento no projeto.

Equipe

Checar o histórico do time envolvido no desenvolvimento do produto é um dos fatores críticos para conseguir encontrar um bom projeto. Verifique se as pessoas da equipe têm um histórico limpo de fraudes e possuem experiências relevantes na área em que o projeto está sendo proposto. Por exemplo: suponha que eu queira fazer um ICO para salvar a mata atlântica, mas não tenho nenhuma experiência nessa área, dificilmente o projeto será bem sucedido.

Um bom exemplo de equipe é a do TaTaTu, um ICO que propõe uma espécie de Netflix descentralizado. O CEO do projeto, Andrea Irvolino, é envolvido na área de produção de filmes e possui um background muito relevante, tendo produzido filmes bem sucedidos como Rush e Memento. O que mostra que ele já possui experiência na área, sendo capaz de conseguir conduzir bem o andamento do projeto.

Os desenvolvedores não podem ser anônimos, se as pessoas que estão por trás do projeto não estão colocando sua reputação em jogo, então elas se sentirão confortáveis para abandoná-lo e sumir com o seu dinheiro na primeira dificuldade que surgir.

Transparência

Hoje, mostrar as etapas do trabalho em andamento de seu projeto para o público é considerado um padrão da indústria em criptografia. Se os desenvolvedores não lançarem snippets de código, versões demo / beta de seus produtos, vídeos de bastidores ou outros tipos de relatórios sobre o progresso deles, é possível que eles não tenham nada para mostrar.

Risco

O mercado de ICO ainda é de altíssimo risco, ou seja, seguir os passos acima não é uma garantia de sucesso nesse mercado. 46% dos ICOs falharam em 2017 e muitos outros ainda irão falhar nos próximos anos, além disso, é um mercado sem garantias legais. Isso significa que caso o projeto dê completamente errado, certamente o dinheiro investido será perdido.

No entanto, existe também a possibilidade de alto retorno. O Ethereum foi originado de um ICO e atualmente é a segunda criptomoeda em capitalização de mercado, ou seja, quem investiu no ICO do Ethereum conseguiu um retorno espetacular. Se você está disposto a investir nesse tipo de mercado, saiba que os riscos e a chance de errar são altíssimas, mas um acerto pode garantir excelentes retornos. Por conta disso, invista apenas um valor que não fará você ficar desconfortável em caso de perda.

Este tipo de conteúdo é relevante para você ou alguma pessoa que você conhece? Se for, siga e compartilhe a página do Cointimes e se mantenha sempre atualizado no mercado – FacebookTwitterInstagram.

Lucas Bassotto
Lucas Bassotto

Sou Lucas Bassotto, graduando em Economia. Um grande entusiasta do mundo da criptoeconomia. Atualmente trabalho na Foxbit produzindo conteúdo.