Nesta segunda-feira (25), após o Bitcoin (BTC) cair para quase US$ 60.000, ele voltou a realizar pontos positivos em uma semana. Segundo o CoinGoLive, a criptomoeda está sendo negociada a US$ 63.091 depois que cresceu 3,32% nas últimas 24 horas. 

“As coisas estão esquentando”, de acordo com o último relatório da Ecoinometrics, mas só para o Bitcoin, pois a temporada das altcoins não começou ainda. Mesmo assim, Solana (SOL) sobe mais de 30% em uma semana. Leia tudo isso e muito mais no Resumo de Mercado do Cointimes. 

Esse é o ranking de criptomoedas que mostra o Bitcoin subindo e SOL disparando 30% em 7 dias
Ranking de criptomoedas – Fonte: CoinGoLive.com.br

 

As coisas estão esquentando para o Bitcoin 

O final de semana não foi fácil para o líder das criptomoedas. O Bitcoin chegou a cair abaixo dos US$ 60.000. 

Antes que alguém pergunte se a alta de preços na semana passada foi o “topo” do movimento de alta para o Bitcoin, o Ecoinometrics tentou explicar com dados on-chain, por que este movimento é diferente de um topo visto em mercados baixistas. 

A empresa de análise on-chain diz que para cada um dos ciclos anteriores, o topo foi marcado por um movimento parabólico massivo com cada vez menos pessoas acumulando moedas próximo do topo histórico – até que tudo desabou. 

Entretanto, neste momento do ciclo os únicos endereços que não estão acumulando moedas nos últimos 30 dias são os pequenos investidores – “small fish”. Parece que só eles estão realizando lucro. O resto está acumulando satoshis.

Isso significa que quando o medo de perder a alta – “FOMO” entrar em ação, o Bitcoin já estará a caminho da lua. 

As coisas estão esquentando para o Bitcoin de acordo com a Ecoinnometrics que mostra a tendência de acumulação dos investidores da rede Bitcoin
Tendências de acumulação – Fonte: Ecoinometrics.com

O Ecoinometrics sinaliza um mercado de alta que alguns investidores pequenos compraram na baixa indicada pela zona azul, mas o nível de acumulação de bitcoins só começa a crescer mesmo próximos do final do ano. 

O movimento seguinte para uma possível Bull Run seria ultrapassar a alta histórica e iniciar um movimento parabólico. 

Como mostra a figura, a pontuação não chegou ainda na zona vermelha, “mas as coisas estão esquentando”, disseram no relatório.  

A capitalização de mercado da moeda está próximo de US$ 1,2 trilhões e a dominância sobre as altcoins ficou em 43,6%. 

Estagflação

Fora do mercado de criptomoedas a combinação de inflação alta e estagnação decorrente do alto desemprego tem levado as famílias mais pobres a um cenário de “estagflação”. 

A inflação se aproxima de 11%, no acumulado de 12 meses, para as famílias de renda muito baixa, e a taxa de desemprego chega a 22,66% para quem não terminou o ensino médio. Para as famílias menos escolarizadas, a taxa de ocupação ainda está 7,3% abaixo do patamar pré-pandemia. 

Por isso, muitos economistas estão chamando essa situação de “estagflação”, pois sem crescimento econômico, uma mudança no médio prazo é improvável dadas as condições ruins do mercado de trabalho e perspectivas desanimadoras de inflação.

Temporada das altcoins não começou ainda

As coisas estão esquentando para o Bitcoin, e também para algumas altcoins, como é o caso da Solana (SOL), mas a temporada das altcoins ainda não começou. 

De acordo com o site Blockchain Center.net que acompanha o índice da temporada das altcoins, nesse mês o melhor funcionário da firma ainda é o Bitcoin. 

Para ser considerado uma temporada de alta para as Altcoins, 75% das 50 moedas principais têm que ter um desempenho melhor do que o Bitcoin nos últimos 90 dias. 

Essa foi a performance das principais 50 moedas digitais
Performance das Top 50 moedas nos últimos 90 dias – Fonte: BlockchainCenter.net

O resultado das principais altcoins nas últimas 24 horas é o seguinte: Ethereum (+1,08%), Binance Coin (+1,24%), Cardano (+0,38%), Solana (+8,19%), Ripple (+0,69%), Polkadot (+0,58%), Dogecoin (+7,72%),  Shiba Inu (-0,32%) Terra (+3,72%), Avalanche (+0,60%), Chainlink (+4,23%) e Wrapped Bitcoin (+3,09%).

A capitalização de mercado acumulada de todas as criptomoedas ficou próxima de US$ 2,7 trilhões.


Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes, acesse.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br