O Banco do Brasil anunciou a distribuição de R$ 212.106.576,44 milhões em dividendos aos acionistas, conforme fato relevante encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, trata-se de remuneração sob forma de juros sobre capital próprio (JCP).

O valor da remuneração se dará por ações e ficou assim estabelecido: dividendos em R$ 0,07433470709, e JCP complementar em R$ 0,34011137994.

Segundo o documento, esses valores serão imputados ao dividendo mínimo obrigatório referente ao 1ºsemestre de 2021.

Os valores serão pagos em 28 de maio de 2021, tendo como base a posição acionária de 21 de maio de 2021, sendo as ações negociadas “ex” a partir de 24de maio de 2021.

Banco do Brasil

O procedimento de pagamento será conforme segue:

O crédito será por conta corrente, poupança-ouro ou por caixa. Os acionistas cujos cadastros estejam desatualizados terão suas remunerações retidas até a efetiva regularização de seus registros em uma das agências do BB. A regularização cadastral poderá ser efetuada mediante a apresentação de documento de identidade, CPF e comprovante de residência, se pessoa física, ou estatuto/contrato social e prova de representação, se pessoa jurídica.
Aos acionistas com ações custodiadas na CBLC – Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia, os valores serão pagos àquela entidade, que os repassará aos acionistas titulares, por meio de seus respectivos agentes de custódia.
No caso do JCP, haverá retenção de imposto de renda na fonte sobre o valor nominal de acordo com a legislação vigente. Os acionistas dispensados da referida tributação deverão comprovar esta condição até 25/05/2021 em uma das agências do BB.

Adicionalmente, o BB informou que R$ 415.758.000,00 foram pagos, em 31/03/2021, a título de remuneração aos acionistas sob a forma de JCP, conforme Fato Relevante, de 26/02/2021.

Só clique aqui se já for investidor

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br