Cointimes
Bitcoin

Biden quer criar lei para diminuir consumo de energia do Bitcoin

Joe Biden presidente dos EUA

O governo dos Estados Unidos está rascunhando uma lei para minimizar os impactos ambientais da mineração de Bitcoin, diminuindo seu consumo energético e emissões de carbono.

A administração de Biden está preocupada com a mineração de Bitcoin no país, que aumentou bastante desde que a China baniu a atividade, prejudicar suas metas climáticas e sobrecarregar a rede elétrica.

“É importante, se isso fará parte do nosso sistema financeiro de forma significativa, que seja desenvolvido com responsabilidade e minimize as emissões totais. Quando pensamos em ativos digitais, tem que ser uma conversa sobre clima e energia”, disse Costa Samaras, diretor assistente de energia do Escritório de Política Científica e Tecnológica da Casa Branca à BloombergLaw.

O principal problema endereçado pelos membros da Casa Branca é relacionado com o modelo de consenso Proof-of-Work (PoW), que surgiu com o Bitcoin, mas foi imitado por diversas outras criptomoedas. Com o PoW, os mineradores consomem energia em uma competição pela produção dos blocos da rede.

Samaras comentou sobre a transição para o Proof-of-Stake, modelo que não requer um consumo energético tão alto e que está há muito tempo nos planos dos principais desenvolvedores da rede Ethereum. No entanto, Samaras admite que o PoW é eficiente em tornar o Bitcoin seguro.

“Precisamos pensar sobre quais seriam as respostas políticas apropriadas em um mundo que mudou para a prova de participação, ou um mundo que tenha uma mistura contínua de prova de trabalho e prova de participação. A prova de trabalho consome muita energia por design, mas também aumenta a segurança.”

O cenário ainda é incerto sobre como os legisladores procederão com a questão, mas talvez alguém deva avisá-los de que ninguém tem, sozinho, o poder de decisão sobre o Bitcoin. A descentralização da rede implica justamente na resistência às regulamentações estatais. Em última instância, os usuários rodam a versão do software que preferirem, por mais que não sigam determinadas ordens políticas.

Leia mais:

Posts relacionados

Como a França escraviza monetariamente os países africanos

Neto Guaraci
28 de agosto de 2019

Chefe de desenvolvimento do Bitcoin foi enganado por farsante

Gustavo Marinho
1 de julho de 2020

Análise técnica do preço do Bitcoin – 28/03/19

Tasso Lago
28 de março de 2019
Sair da versão mobile