Coingoback

Há apenas 3 anos ele era cético e um crítico dos criptoativos, mas agora revelou que quer entrar “de uma maneira relevante” no mercado.

O investidor bilionário e fundador da Icahn Enterprises L.P., Carl Icahn, disse em uma entrevista à Bloomberg que está considerando investir até US$ 1,5 bilhão em várias criptomoedas.

A Icahn Enterprises L.P. é um conglomerado dos EUA com investimentos em vários setores, incluindo energia, automotivo, embalagens de alimentos, metais, imóveis e moda doméstica.

‘Olhando para o mercado inteiro’

Em 2017, o investidor disse que não entendia os criptoativos e preferia ficar de fora, mas que possivelmente se tratava de uma bolha. Em uma entrevista à CNBC, Icahn chamou criptomoedas de “ridículas”, mas depois de estudar Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH) e as criptomoedas como um todo, ele mudou de ideia e está pensando em entrar no mercado com uma quantia substancial.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Mesmo que ele supostamente não tenha comprado nenhuma criptomoeda ainda, Icahn está fazendo sua devida diligência estudando todo o setor de cripto para determinar onde estão as oportunidades.

“Estou olhando para todo o negócio e como posso me envolver nele.”, Disse Icahn sobre seus planos de investimento em cripto na entrevista, enquanto chamava a crítica comum sobre a falta de valor intrínseco da criptomoeda de “um pouco errada”.

Afirmando que o dólar era o problema, ele explicou o aumento da popularidade de moedas alternativas como a “manifestação natural da inflação” na economia.

“Bem, qual é o valor de um dólar? O único valor do dólar [vem do fato] que você pode usá-lo para pagar impostos”, disse ele.

Segundo Icahn, as moedas alternativas estão recebendo atenção devido aos “preços ridículos” que certas ações no mercado de ações estavam sendo negociadas, referindo-se a essas como ações-meme.

“Não acho que Reddit e Robinhood e esses caras sejam necessariamente ruins, acho que eles servem a um propósito”, disse Icahn. “O dinheiro está voltando para as empresas. Algumas dessas empresas podem ser OK, mas para várias delas, o risco-recompensa é absurdo.”

FOMO na grande liga

De acordo com a revista Forbes, Icahn tinha um patrimônio líquido de US$ 16,7 bilhões em 2020. Em 2016, Donald Trump o nomeou como um consultor especial em regulamentação, querendo que o investidor ativista o ajudasse com sua “capacidade individual” ao invés de um funcionário federal.

Em sua entrevista à CNBC, três anos atrás, Icahn também afirmou que “não tocaria” em criptomoeda por questões regulatórias. A maior questão é o que exatamente o fez mudar de ideia e reconsiderar se tornar o próximo investidor bilionário a entrar no mercado?

Veja também: Irã proíbe mineração e Bitcoin continua abaixo dos US$ 40 mil


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!