Já ouviu falar dos Bitcoins que estão sendo negociados com 20%, 30% e até 50% de desconto em grupos de Telegram, Facebook e WhatsApp?Não? É o famigerado BitAltas, que até ganhou um livro de ofertas próprio.

A história do BitAtlas

Há menos de 2 meses a maior empresas de bitcoin do país, que alegava ter mais de R$150 milhões em ativos, vem enfrentando problemas de saque. Desde que a CVM publicou uma nota contra a Atlas, os investidores fizeram uma verdadeira corrida ao ouro digital.
Segundo a Atlas foram mais de 15 mil bitcoin solicitados para saque, sendo que boa parte desses ativos ainda não foram devolvidos aos seus devidos donos.

A Atlas diz que os bitcoins dos investidores existem, mas estão presos em exchanges. Já quem investiu teme ter caído em um golpe e prefere vender seus bitcoins por um desconto do que perder tudo.

Daí surge o BitAtlas, o bitcoin a preço de banana.

Livro de Ofertas e Bitcoin com desconto

Nossa equipe encontrou um grupo de Telegram chamado Mercadão BitAtlas, nele foi criado um livro de ofertas com quem está oferecendo os bitcoins presos na Atlas e aqueles que querem comprar.

As ofertas para comprar um BitAtlas variam entre 99% de desconto até 20%, quem vende tenta algo em torno de 15%. Temos notícia de pelo menos um negócio acontecendo nesse grupo de Telegram, uma compra com 30% de desconto.

Em grupos esparsos de Bitcoin é cada vez mais comum vermos pessoas anunciando “BitAtlas”, porém é previsível que conforme a situação piora menos pessoas estarão dispostas a se arriscar comprando esse ativo.

‘BitCraudio’, o irmão zombie da BitAtlas

Enquanto o livre comércio de BitAtlas floresce em meio a crise, outras pessoas tentam sem muito sucesso vender o famigerado “BitCraudio” – bitcoins presos na NegocieCoins, descrita pelo deputado Aureo Ribeiro como “tudo que se tem de ruim no mercado de criptomoedas Brasileiro.

Para os hodlers de BitCraudios não há tantas esperanças e para os de BitAtlas? Você ainda acredita nas promessas da Atlas Quantum? Deixe sua opinião nos comentários