Coingoback

O Bitcoin deveria considerar a mudança do atual mecanismo de consenso de Proof of Work (Prova de Trabalho – PoW) com uso intensivo de energia para Proof of Stake (Prova de Participação – PoS). Isso de acordo com Chris Larsen, o cofundador, ex-CEO e atual presidente da Ripple. 

Larsen acredita que o PoW está corroendo todo o bem que o Bitcoin está fazendo ao sistema financeiro global.

Em uma publicação, Larsen reconheceu que as criptomoedas explodiram no mercado e estão mudando vidas. “Isso significa que centenas de milhões de pessoas terão acesso a serviços financeiros mais eficientes e acessíveis”, observou ele.

No entanto, ele acredita que o mecanismo de consenso PoW do Bitcoin está desfazendo a maior parte desse bem.

Embora muitas criptomoedas mais recentes já sejam consumidores de baixa energia ou até mesmo neutros em carbono, os primeiros protocolos, como Bitcoin, usam uma tecnologia central chamada Prova de Trabalho (PoW) para validar transações, que não é apenas uma fonte enorme e crescente de emissões de CO2 mas também usa grandes quantidades de energia, tanto de combustíveis fósseis quanto de fontes verdes.

Larsen afirmou que mesmo aqueles que estiveram envolvidos no Bitcoin nos primeiros dias da criptomoeda, como Hal Finney, sabiam que o PoW poderia ser um problema.

“Pensando em como reduzir as emissões de CO2 a partir de uma implementação generalizada de Bitcoin”, disse o pioneiro em janeiro de 2009.

A Ethereum, a segunda maior criptomoeda do mercado, está mudando para PoS. “É claro para que lado a tendência está se movendo”, observou ele.

Devemos ver o PoW como ele é – uma tecnologia brilhantemente projetada que está se tornando desatualizada no mundo de hoje. […] As criptomoedas que usam PoW devem considerar uma mudança de código para outro método de validação, como Prova de Participação (PoS) ou Consenso Federado (ou algo ainda a ser desenvolvido), que também se mostraram eficazes em proteger seu valor armazenado ao usar uma pequena fração da energia.

“Sei que é uma proposta ousada, mas vale a pena considerar”, afirmou. “Ele [o XRP] fechou mais de 62 milhões de livros-razão sem paralisação, e usa o equivalente a apenas 50 residências nos EUA por ano e já é neutro em carbono”, disse ele.

Os defensores do PoW também alegaram que o Bitcoin usa principalmente “energia aprisionada” que não poderia ser reaproveitada, como a energia proveniente do excedente da extração de petróleo e gás.

Aqueles que argumentam que PoW é o melhor uso de energia renovável também estão errados […] Até nos tornarmos globalmente neutros em carbono, o PoW estará em competição direta com necessidades de energia mais urgentes que devem fazer a mudança para energias renováveis; indústrias como concreto e aço, viagens aéreas e agricultura, afirmou Chris.

Investidores institucionais

O Bitcoin atraiu muitos investidores institucionais nos últimos anos. No entanto, corre o risco de perdê-los no futuro se não melhorar o seu consumo de energia, segundo o executivo.

Sem dúvida, eles enfrentarão pressão (tanto de consumidores quanto de reguladores) para reduzir ou alienar seus acervos das criptomoedas baseadas em PoW – incluindo bitcoin. A comunidade Bitcoin deve ver isso como um risco significativo e trabalhar para resolvê-lo.

O CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, também criticou o consumo de energia do Bitcoin. Em uma entrevista recente, ele afirmou que uma transação de Bitcoin requer 75 galões de gasolina.

Leia mais: O Bitcoin não é inimigo do meio ambiente, como aponta a mídia tradicional

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br