Coingoback

O Financial Times, um dos maiores jornais de negócios do mundo, que já conta com 132 anos de história, destacou a ascensão do Bitcoin acima dos US$ 30 mil em sua primeira página. Isso ocorreu logo após o 12º aniversário do primeiro bloco da criptomoeda, que inclui a icônica manchete do The Times sobre resgates bancários durante a crise financeira global no início de 2009.

A ascensão histórica do Bitcoin já cativou a atenção de alguns dos maiores veículos de comunicação. A manchete da Reuters sobre o pico da vida do Bitcoin foi até imortalizada em sua blockchain.

Enquanto a ascensão meteórica do Bitcoin no final de 2017 foi corretamente destacada como uma bolha, até mesmo a mídia convencional cética admite que as coisas estão realmente diferentes desta vez.

O artigo do Financial Times observa particularmente o aumento do interesse institucional no Bitcoin, o que o torna mais “integrado” ao sistema financeiro. Ele também menciona o serviço com criptomoedas do PayPal que foi lançado em outubro de 2020.  

A grande mídia permanece cética

A grande mídia é constantemente criticada pela comunidade por sua cobertura desfavorável do Bitcoin e outras criptomoedas. Em novembro, o conselho editorial do Financial Times afirmou que o Bitcoin não tinha nenhum valor fundamental e sua recuperação foi puramente impulsionada por especuladores: 

Infelizmente, como o ouro, o status do bitcoin como um porto seguro é mais teórico do que qualquer outra coisa. Em vez de estabilidade, oferece aos investidores volatilidade e uma chance de especular sobre o sentimento do mercado em relação à moeda.

Mas qual a sua opinião sobre o Bitcoin como reserva de valor? Deixe seu comentário logo abaixo do post.

Leia mais: A Amazon pretende comprar a República de Chipre?

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br