Confira as principais notícias da manhã no mercado tradicional e de criptomoedas. 

Política: MPF de olho em Bolsonaro

Cúpula do MPF quer investigar Bolsonaro – “Integrantes da cúpula do MPF avaliam que há elementos para a abertura de investigações contra autoridades federais responsáveis pela gestão da crise sanitária — entre elas Jair Bolsonaro e o ministro Eduardo Pazuello” – O Antagonista

Pequim sanciona altos funcionários do governo Trump após Biden assumir o cargo – CNN

De saída do comando do Senado, Alcolumbre quer ser vice-presidente da Casa ou ministro de Bolsonaro – Folha de São Paulo

Economia: BC assustado com inflação e Bitcoin em “zona perigosa”

Resumo: O BC está claramente impaciente com a situação inflacionária e pode preparar uma alta de juros para março, o BTG já prevê a SELIC a 3,75% até o final de 2021. 

Enquanto isso, surgem novas tensões entre companhias norte-americanas e Pequim com o banimento da Embaixada chinesa do Twitter por “desumanização” e a delistagem das três maiores companhias de telecomunicação chinesas da Bolsa de Valores de Nova York. 

Já o Bitcoin perde força ao cair abaixo dos 33 mil dólares e ficar abaixo dos 180 mil reais.  “O Bitcoin acabou de entrar na zona de perigo“, escreveu Edward Moya, analista sênior da Oanda. Investidores esperam outra onda de institucionais para continuar o rali da criptomoeda.

Comunicado indica desconforto do BC com a inflação – Autoridade sinaliza maior preocupação com evolução dos núcleos de inflação e adota tom mais inclinado ao aperto monetário – Valor Econômico

Guedes não descarta novo auxílio, mas reclama de dinheiro “para baile funk” – Metrópoles

Futuros de índices às 8:05 horário de Brasília:

  • Ibovespa (Brasil) fechamento, -0,69% aos 119.668 pontos
  • Nasdaq (EUA),+0,44%
  • Nikkei 225 (JAP), -0,09%
  • Euro Stoxx 50 +0,28%

Commodities, moedas e Bitcoin:

  • Ouro,+0,17% negociado a US$1.869,55 a Onça Troy
  • Bitcoin, -4,98% a R$177.994,00 no Brasil ou US$33.118,00
  • Dólar – USD/BRL, negociado a R$5,2920