Nesta sexta-feira (28) a volatilidade no mercado de criptomoedas não afetou a convicção dos “mãos de diamante”. Enfrentando -23% de queda em 30 dias, o crescimento de investidores de longo prazo sugere a crença de que o Bitcoin manterá ou aumentará seu valor ao longo do tempo.

Confira no Resumo de Mercado de hoje que a maioria das altcoins não foi perturbada pela volatilidade, contudo, LUNA registra uma queda notável ​​​​de preço em um dia.

LUNA minguou e Bitcoin mãos de alface
Ranking de Criptomoedas – Fonte: Coingolive.com 

Brasileiro não é mão de alface

O preço do Bitcoin esteve em uma montanha-russa na última semana, desde que começou a cair acima de US$ 43.000. Isso culminou em uma queda abaixo de US$ 33.000 dias atrás, que se tornou seu preço mais baixo desde o final de julho de 2021.

Por enquanto os ursos interrompem as tentativas de valorização e a posição atual do BTC está em cerca de US$ 36.600. Como tal, sua capitalização de mercado ainda está abaixo de US$ 700 bilhões e a dominância líquida fica em 77,18%. 

Leia também: Carteiras de Bitcoin querem revelar a sua identidade, veja quem apoia essa iniciativa

Contudo, a volatilidade no mercado de criptomoedas não afetou a convicção dos “mãos de diamante“.

Dados sobre a balança comercial foram divulgados recentemente pelo Banco Central do Brasil. Os brasileiros compraram  R$ 5,9 Bilhões em criptomoedas e venderam só R$ 47 Milhões – um crescimento de 81% em relação a 2020. 

Além disso, segundo os dados do IntoTheBlock, o crescimento de investidores de longo prazo sugere a crença de que um ativo manterá ou aumentará seu valor ao longo do tempo, o que é uma característica fundamental dos ativos de reserva de valor. 

Fonte: IntoTheBlock

A empresa de análise de dados classifica como hodlers todos os endereços que mantêm um ativo por um tempo médio ponderado de pelo menos um ano.

No caso do Bitcoin, o número de hodlers cresceu de forma consistente, independentemente da volatilidade dos preços, conseguindo aumentar com a correção recente e até mesmo com a queda acentuada vivida em março de 2020.

Investidores receosos quanto a postura do FED 

A elevada demanda estrangeira por ativos locais seguiu impulsionando o mercado tradicional brasileiro no pregão de ontem. 

Os gringos compraram ações no mercado secundário à vista da B3, em montante que já se aproxima de R$ 23 bilhões.

Mesmo diante de investidores ainda receosos quanto aos efeitos da postura exibida pelo FED, o Ibovespa voltou a contrariar o viés do mercado americano e marcou seu terceiro pregão seguido de ganhos, ao passo que o real foi uma das poucas moedas fiat que se fortaleceram contra o dólar.

O movimento passou por cima de notícias negativas para os mercados no espaço nacional, como a decisão do presidente Jair Bolsonaro de conceder reajuste de 33,24% a professores da educação básica, contrariando recomendação do Ministério da Economia.

O Ibovespa encerrou a quinta-feira em alta de 1,19%, aos 112.611,65 pontos, em seu maior fechamento desde o dia 18 de outubro.

O dólar chegou a tocar mínima de R$ 5,35, mas acabou devolvendo parte da queda e fechou cotada a R$ 5,42, baixa de 0,35%.

O Nasdaq mais uma vez liderou a ponta negativa em Wall Street ontem, fechando em queda de 1,40%, aos 13.352,78 pontos, enquanto o S&P 500 recuou 0,54%, a 4.326,50 pontos. O Dow Jones anotou leve queda, de 0,02%, a 34.160,78 pontos.

LUNA minguou

A maioria das moedas alternativas é incomumente estável hoje com pequenas perdas. O Ethereum falhou em superar US$ 2.500, e a rejeição subsequente o reduziu para pouco menos de US$ 2.400.

Terra, no entanto, é o perdedor mais significativo desde ontem. O seu toke LUNA minguou -17% e está perto de cair abaixo de US$ 50.

Leia também: Nano pode estar se preparando para entrar em mercado trilionário de Forex e Remessas

O resultado das principais altcoins nas últimas 24 horas é o seguinte: Ethereum (-2,08%), Binance Coin (+2,70%), Cardano (-3,32%), Ripple (-2,61%), Solana (-3,25%), Terra (-17,63%), Polkadot (-2,18%), Dogecoin (-3,20%), Avalanche (-3,74%), Shiba Inu (-2,09%) e Polygon (-0,75%). 

De acordo com o CoinGoLive, a capitalização de mercado de todos os ativos cripto fica em torno de US$ 1,72 trilhões nesta sexta-feira.


Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes (acesse) e tenha um ótimo dia de negociações.

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.