A Weibo, o equivalente ao Twitter chinês, mostrou a recente alta do Bitcoin como um dos seus principais assuntos. De acordo com um site local, a #BitcoinBull# recebeu mais de 100 milhões de visualizações e foi um dos 4 assuntos mais importantes no país. 

weibo bitcoin no topo
Weibo Trends | Fonte: 8btc

 A plataforma Weibo tem mais de 413 milhões de usuários ativos diários, em comparação, o Twitter tem uma base de apenas ~126 milhões de usuários ativos diários. Ou seja, apenas as views no top 4 do Weibo quase ultrapassam a quantidade de usuários ativos do Twitter.

E as empresas de bitcoin na China estão se aproveitando da alta no bitcoin para promover seus produtos. A Huobi chegou a contratar uma influenciadora com 73 mil seguidores, enquanto a OKex contratou outra influenciadora para explicar como comprar bitcoin com apenas ¥10.

Já Jiang Zhuo’er, fundador da pool de mineração Btc.top, publicou na rede social que o bitcoin pode chegar a US$50 mil até US$150mil, além de recomendar a compra de moedas com marketcap pequeno, pois em tese elas sentiriam uma apreciação maior no preço. Segundo relatos locais, diversos influenciadores chineses estão recomendando o uso de criptomoedas. 

Até mesmo a adição de 6 criptomoedas na rede estatal de blockchain do governo tem sido positiva para o mercado e incentivado a compra de alguns criptoativos.

Mas a China não baniu o Bitcoin?

Mesmo com o banimento da comercialização de bitcoin, os chineses acabam usando VPNs e outras formas para acessar plataformas externas e quebrar as restrições governamentais. Como ter bitcoin na China não é crime, apenas a compra em território nacional, os investidores acabam adquirindo btc sem grandes problemas.

Além do mais, muitas províncias recebem grandes receitas de impostos cobrados na mineração da criptomoeda. A China controla mais de 65% do hashrate mundial de btc, conforme dados da Cambridge Bitcoin Electricity Consumption Index:

A recente alta do Bitcoin tirou a criptomoeda de um marasmo de quase 3 meses e ela vem logo após a impressão de US$120 milhões na stablecoin Tether USD na semana passada. A recente exposição do Bitcoin a tantas pessoas irá ajudar a manter o preço acima dos US$10 mil?