Cointimes
Altcoins

Bitcoin tenta ultrapassar os US$ 59 mil e o ‘conjunto da obra’ sinaliza recessão no Brasil – Resumo de Mercado

Brasil Guedes e Bolsonaro crise política e economica

Nesta sexta-feira (03) enquanto o Bitcoin (BTC) está tentando ultrapassar o nível de resistência em US$ 59.000 o token do concorrente do Google está realizando novos recordes de preços. 

Confira no Resumo de Mercado de hoje onde está localizado o suporte de preço do líder das criptomoedas, de acordo com a Glassnode, e ainda, o ‘conjunto da obra’ que determina se o Brasil está ou não em uma recessão. 

Ranking de Criptomoedas – Fonte: CoinGoLive.com

Bitcoin tentando ultrapassar os US$ 59 mil   

Desde que o bitcoin caiu para menos de US$ 59.000 há uma semana, ele tem sido incapaz de quebrar acima dele, apesar das inúmeras tentativas. Desde 29 de novembro, o BTC tentou três vezes superar a resistência nesse nível, mas sem sucesso.

De acordo com a empresa de análise Glassnode, “o BTC atualmente está localizado em um dos maiores grupos de valor realizado”. Mais de 2.208 milhões de BTC foram movimentados pela última vez na cadeia entre as faixas de preço de US$ 55 mil e US$ 60 mil.

“O próximo escopo entre US$ 60 mil e US$ 63 mil pode atuar como resistência, enquanto o suporte pode ser encontrado em US$ 50 mil e novamente em US$ 42 mil.”

Neste momento, o líder das criptomoedas é negociado a US$ 56.824 – R$ 321.177 nas principais corretoras brasileiras. Sua capitalização de mercado ainda está abaixo de US$ 1,1 trilhão, e o domínio sobre as moedas alternativas está abaixo de 39%.

O ‘conjunto da obra’ sinaliza recessão

A aprovação da PEC dos Precatórios em dois turnos no Senado deu aval a um bom desempenho do mercado financeiro brasileiro no pregão de ontem. Com apoio extra do ambiente externo favorável a ativos de risco, o Ibovespa teve o seu melhor desempenho diário do ano e conseguiu se afastar um pouco mais do nível dos 100 mil pontos. 

Os gestores brasileiros ainda estão confiantes na retomada da economia nacional, como é o caso dos profissionais da Kinea Investimentos. 

“Reconhecemos as dificuldades estruturais de nosso país para entregar crescimento, mas consideramos que os níveis de preços atuais não podem ser ignorados e continuamos a agir taticamente com viés de compra para os ativos locais”, afirmaram os profissionais em carta referente a novembro.

Embora o câmbio tenha reagido com apreciação do real diante da aprovação da PEC dos Precatórios no Senado, declarações de dirigentes do FED deram alguma força ao dólar, que reverteu parte da queda observada durante o dia. Ele encerrou o pregão com queda de apenas 0,21%, negociado a R$ 5,65.

Conforme o Cointimes relatou ontem, o Brasil voltou a ter dois trimestres seguidos de queda no Produto Interno Bruto (PIB). No “economês”, esse fenômeno – dois trimestres seguidos de queda no PIB – é chamado de recessão técnica.

Contudo, Economistas consideram que a recessão real ou “profunda” independe de haver dois trimestres negativos. Somente quando a maioria dos indicadores econômicos – mercado de trabalho, atividade da indústria ou vendas no comércio, por exemplo – aponta quedas consistentes, é possível concluir de fato que a economia está num quadro recessivo.

Leia também: Moeda desaba 85% desde a criação e você está investindo nela

Ou seja: os dados de dois trimestres do PIB não são o determinante para uma recessão real: é o ‘conjunto da obra’ que determina se um país está ou não nessa situação.

No momento atual: apesar das duas quedas trimestrais no PIB, o país deve fechar o ano com crescimento próximo a 5% – sem recessão de fato. Contudo, os problemas fiscais e avanço da inflação no Brasil acendem vários alertas para o investidor mais cauteloso. 

Concorrente do Google 

A maioria dos altcoins estão atipicamente estáveis ​​em uma escala diária, entretanto, o token em destaque de hoje é o “concorrente do Google”. O token BAT, a criptomoeda criptomoeda do navegador Brave, subiu até seu recorde de cerca de US$ 1,90 no sábado. 

Segundo o histórico de preços do Coingolive, o BAT subiu quase 500% em um ano, com alta de 37% no mês e uma correção de 6,7% nas últimas 24 horas. 

Mesmo após a ativação recente do BEP-95, o protocolo que integra um mecanismo de queima em tempo real dos tokens da Binance, o BNB não reagiu positivamente durante as últimas 24 horas e é negociado em torno de US$ 620.  

O resultado das principais altcoins nas últimas 24 horas é o seguinte: Ethereum (+0,32%), Binance Coin (-0,14%), Solana (+3,09%), Cardano (+4,78%), Ripple (+0,04%), Polkadot (+0,40%), Dogecoin (-3,10%),  Terra (+9,39%), Avalanche (-6,62%) e Shiba Inu (-3,29%). 

De acordo com o CoinGoLive, a capitalização de mercado de todos os ativos cripto está em torno de US$ 2,76 trilhões nesta sexta-feira.


Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes (acesse) e tenha um ótimo dia de negociações.

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.

Posts relacionados

Imunidade ao Covid-19 ainda precisa ser provada, diz Anthony Fauci

Gustavo Marinho
12 de maio de 2020

Intervenção da Interpol reduz em 78% a mineração ilegal no Sudeste Asiático

Gustavo Marinho
10 de janeiro de 2020

Caminhoneiros no Canadá recebem milhões em bitcoin após serem censurados por GoFundMe

Gustavo Marinho
7 de fevereiro de 2022
Sair da versão mobile