Uma carteira pertencente à corretora de criptomoedas Bitfinex pagou hoje a exorbitante quantia de US$ 23,7 milhões em taxas de transação para enviar US$ 100.000 de Tether (USDT), no que foi tido como um pequeno deslize.

“Às 11:10 UTC do dia 27 de setembro, uma transação de depósito foi feita usando uma hardware wallet da interface de usuário do DeversiFi com uma taxa de gas estranhamente alta”, disse um porta-voz da DeversiFi.

Apenas esta carteira parece ter pago uma taxa bastante elevada, o que logo levantou a suspeita de ter sido um erro.

A DeversiFi, uma corretora sem custódia que saiu da Bitfinex em 2019, revelou que a transação se originou por meio de sua plataforma, que oferece acesso aos protocolos DeFi “sem pagar taxas de gas”.

Essas taxas de transação, ao que parece, foram pagas por meio de uma das principais carteiras da Bitfinex, que acabou pagando a conta.

“A DeversiFi está atualmente investigando a causa para determinar como isso ocorreu, e irá manter o mercado atualizado. Nenhum dinheiro do cliente na DeversiFi está em risco e este é um problema interno para a DeversiFi resolver. As operações não serão afetadas”, acrescentaram.

Esta pode ser a maior taxa de transação da Ethereum já paga em dólares. Ocasiões notáveis ​​anteriores incluem duas transações que foram feitas em junho de 2020, que somaram US$ 5,2 milhões apenas em taxas.

Atualização: Minerador anônimo devolve a taxa paga pela Bitfinex

Leia mais:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br