Cointimes
Altcoins

Brasil lidera adoção de criptomoedas no mundo, afirma corretora dos cofundadores do Facebook

Moeda de Bitcoin com bandeira do Brasil ao fundo

Em uma pesquisa feita entre 20 países, incluindo Estados Unidos, locais na América Latina e Ásia, revelou dados importantes sobre o mercado de criptomoedas ao redor do globo.

A pesquisa da exchange Gemini, criada pelos irmãos Winklevoss (co-fundadores do Facebook), foi conduzida com quase 30 mil participantes em 20 países e conduzida entre novembro de 2021 e fevereiro de 2022.

A corretora encontrou um número extremamente alto de brasileiros que afirmaram ter criptomoedas, com 41% dos entrevistados. Enquanto no Reino Unido esse número era de 18% e 20% nos Estados Unidos respectivamente. 

A mudança de mentalidade do investidor de criptomoedas

A pesquisa também encontrou outros dados relevantes para a narrativa das criptomoedas. 79% das pessoas que disseram ter criptoativos afirmaram tê-los comprado pensando como um investimento de longo-prazo. 

Isso coaduna-se com os dados de retirada de criptoativos das exchanges e seu posterior adormecimento’ entre novos detentores. Indicando que esses ativos estão nas mãos de pessoas que acreditam no futuro do mercado, mostrando mais resiliência a flutuações de preço. 

Outro dado mostra o potencial dos ativos digitais em países com moeda fraca como o Brasil. As pessoas que não têm criptomoedas e vivem em países que viram suas moedas desvalorizarem contra o dólar, têm cinco vezes mais chances de estarem planejando comprar criptomoedas para se protegerem da inflação. 

Brasil, o paraíso das criptomoedas

O desenvolvimento do mercado de criptomoedas no Brasil começou com um movimento liderado por Daniel Fraga e diversos pioneiros como Fernando Ulrich, João Canhada e Mica da Walltime. 

Daniel Fraga, pioneiro do Bitcoin no Brasil

Após anos combatendo a desinformação da mídia, políticos corruptos e mal intencionados, a comunidade de criptomoedas no Brasil ganhou adeptos como o prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes , vários deputados do Partido Novo e projetos de lei que se dizem favoráveis ao uso de criptoativos no país. 

Mesmo após ganhar protagonismo político, o movimento de criptomoedas no Brasil tem fortes raízes libertárias e ao longo dos anos vem se fortalecendo contra golpistas por meio do livre mercado. 

Leia também:  Binance terá escritório no Rio de Janeiro após prefeitura anunciar pagamento de impostos com criptomoedas

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Posts relacionados

Quanto ganha o novo ministro do STF Kássio Nunes em Bitcoin?

João Victor
2 de outubro de 2020

Mistério resolvido, acharam quem pagou milhões em taxas no Ethereum

Cointimes
17 de junho de 2020

IQ Option operava irregularmente, decide CVM

Gustavo Marinho
23 de abril de 2020
Sair da versão mobile