Cointimes
Altcoins

BTC e ETH estão em queda enquanto investidores globais permanecem avessos ao risco – Resumo de Mercado

BTC e ETH investidor global

Nesta segunda-feira (20) os mineradores de Bitcoin (BTC) estão cada vez mais relutantes em vender seus estoques de moedas, segundo apontam os dados da Glassnode.  

Tanto o BTC, quanto a Ethereum (ETH) estão sendo novamente negociados em baixa nas corretoras asiáticas. Confira no Resumo de Mercado de hoje o corte da taxa de juros da China.

Ranking de Criptomoedas – Fonte: CoinGoLive.com

Bitcoin cai para menos de US$ 46.000

Os últimos temores provocados pela nova variante COVID-19 empurraram todos os mercados globais e bitcoin para o sul novamente. O BTC caiu para menos de US$ 46.000 no início desta semana, de acordo com o CoinGoLive. 

Apenas alguns dias atrás, o sentimento dos investidores de bitcoin parecia mais otimista quando se aproximou dos US$ 50.000, após uma declaração do Fed dos EUA a respeito das taxas de inflação.

Leia também: Bitcoin caiu abaixo de US$ 47 mil e mercados globais acompanharam o movimento ao sul

Os ursos continuaram a ter um forte controle do mercado e empurraram o ativo para o sul enquanto a  situação com os mercados globais de ações permanece igual à semana passada. 

A maioria dos índices de ações perdeu valor na semana passada devido aos temores quanto à nova variante da pandemia COVID-19 e à política dos EUA. Os contratos futuros do S&P 500, Nasdaq e Dow Jones caíram antes do dia de negociação. 

Mais moedas nas mãos dos mineradores 

A quantidade de bitcoin mantida pelos mineradores é apenas 500 BTC abaixo de seu máximo histórico, de acordo com o provedor de análises on-chain Glassnode. 

As mineradoras estão atualmente segurando cerca de 1,778 milhão de BTC. O valor máximo foi atingido em dezembro de 2020. 

A Glassnode explicou que “essas moedas são emitidas para os mineradores como recompensa pela validação das transações, mas nunca foram gastas na rede”. 

A acumulação de moedas por parte dos mineradores ocorre desde março de 2020, após uma venda massiva durante os primeiros meses deste ano.

Em perspectiva, este é um bom sinal para a rede. O Bitcoin também tem mostrado um fluxo constante de moedas para fora das corretoras, o que é outra indicação de acúmulo. 

Mercados avessos ao risco

Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) foram novamente negociados em baixa nas corretoras asiáticas. 

O declínio ocorre no momento em que os mercados tradicionais fecham os olhos ao corte da taxa de juros da China e permanecem avessos ao risco. 

Dados fornecidos pelo corretor de opções Fredrick Collins mostram que o BTC e ETH enfrentaram pressão de venda consistente durante o horário asiático este ano. 

A maior parte dos ganhos acumulados no ano pelo bitcoin e pelo ETH, 60% e 420% respectivamente, ocorreu durante o horário americano, representado das 8h00 às 18h00, horário de Nova York. 

Ambas as criptomoedas sofreram um grande golpe nas últimas semanas, puxando o mercado cripto como um todo para baixo, à medida que o Federal Reserve dos EUA e outros grandes bancos centrais começaram a desfazer o estímulo de aumento de liquidez para conter a inflação.

No sentido contrário dos demais, o Banco Popular da China (PBOC) toma medidas para proteger a economia do impacto negativo dos problemas do mercado imobiliário e das novas preocupações com o coronavírus injetando liquidez na economia. 

Leia também: Investidores de Bitcoin devem se preocupar com a crise da Evergrande?

Por esse motivo, o Banco Central do PCC anunciou um corte em sua taxa básica de juros para empréstimos de um ano, uma referência de fato desde 2019, de 3,85% para 3,8%, confirmando a primeira redução em quase dois anos. 

Cortes de juros tendem a injetar liquidez na economia. Assim, os hedges de inflação percebidos, como bitcoin, ouro e preços de ativos, em geral, costumam reagir positivamente aos cortes nas taxas.

Altcoins 

Semelhante ao bitcoin, a maioria das moedas alternativas também está no vermelho hoje.

O resultado das principais altcoins nas últimas 24 horas é o seguinte: Ethereum (-3,11%), Binance Coin (-4,17%), Solana (-6,69%), Ripple (+3,06%), Cardano (-4,39%), Terra (+3,26%), Polkadot (-5,07%), Avalanche (-6,98%), Dogecoin (-4,74%) e Shiba Inu (-6,34%). 

De acordo com o CoinGoLive, a capitalização de mercado de todos os ativos cripto caiu para cerca de US$ 2,25 trilhões nesta segunda-feira.


Acompanhe as notícias do mercado cripto no grupo do Telegram do Cointimes (acesse) e tenha um ótimo dia de negociações.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Posts relacionados

Bitcoin com força atinge US$ 39 mil – Resumo de Mercado

Bruno Haacke
3 de junho de 2021

Ibovespa despenca e passa a operar abaixo dos 90 mil pontos

Lucas Bassotto
16 de maio de 2019

Defis fazem usuários da MetaMask quadruplicar em menos de 1 ano

João Victor
6 de outubro de 2020
Sair da versão mobile