Nesta segunda-feira (20), em conjunto à Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), a Caixa Econômica Federal anunciou que irá oferecer crédito às micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais (MEI).

Coronavoucher” pode fazer Caixa entrar para o Guinness Book

O Fampe (Fundo de Aval para as micro e pequenas empresas), do Sebrae, será responsável por implementar a operação.

De acordo com o presidente da Caixa Pedro Guimarães, a expectativa é da liberação de R$7,5 bilhões em créditos para o auxílio.

“Esta operação é extremamente importante porque oferece o crédito para uma parcela do segmento da economia que não tem tido a oportunidade dessa oferta ultimamente”

Ainda segundo Guimarães, estes empréstimos podem ter período de carência de até 12 meses, e prazos de pagamento de 24 a 36 meses. Garantias complementares concedidas pelo Sebrae permitirão, também, a adoção de taxas 40% reduzidas no banco.

Valores disponibilizados

  • Para a categoria de MEI, R$12,5 mil deverão ser disponibilizados, com carência de nove meses e juros de 1,59%/mês;
  • Micro Empresas poderão requerer até R$75 mil, com carência de 12 meses, prazo de pagamento de até 30 meses e taxa de 1,39%/mês;
  • Pequenas Empresas poderão receber até R$125 mil, com carência de 12 meses, prazo de pagamento de até 36 meses e juros de 1,19%/mês.