Uma das maiores facções criminosas do Brasil teria usado bitcoin e uma pirâmide financeira para lavar R$300 milhões do narcotráfico.

De acordo com reportagem publicada pela Band News,  a facção paulista Primeiro Comando da Capital (PCC) usou uma corretora brasileira de bitcoins para lavar dinheiro do narcotráfico internacional. 

A investigação da Polícia Civil aponta que o chefe do crime André de Oliveira Macedo, conhecido como André do Rap, enviava toneladas de drogas para a Europa e recebia o pagamento em bitcoin. 

Para lavar o dinheiro, ele usava uma corretora de bitcoins brasileira da baixada santista que, segundo a reportagem, teria entrado em recuperação judicial. A corretora é apontado como uma pirâmide financeira e teria sido usada pela  facção para lavar R$300 milhões.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

De acordo com a Band, o esquema de lavagem seria amplo e envolvia lojas de roupa, restaurantes e até mesmo uma ONG que cuida de crianças carentes. 

“Esquemas dessa natureza, de algum jeito  [podem] servir também não só para investir, mas para muitas pessoas, esconder o dinheiro.

Então, muitas vezes é usado para esconder dinheiro. Até pela falta de regulação, né?

Porque eles acabam vendendo e não tem essa fiscalização da Comissão de Valores Mobiliários. Muitas vezes para lavar dinheiro, sonegar imposto.”

afirmou o advogado Jorge Calazans para a Band.

Justiça pode soltar André do Rap

O suposto traficante foi preso em 15 de setembro de 2019, mas pode ser solto em breve. Mantido na cadeia apenas por prisão preventiva, o advogado de defesa pediu a revogação por excesso de prazo. 

“[Espero] que os tribunais superiores mantenham a prisão do narcotraficante porque sua soltura seria um duro golpe no combate ao tráfico internacional de entorpecentes no País… não podemos ficar à mercê de facções criminosas mandando uma grande quantidade de cocaína para a Europa e enriquecendo e com seus indivíduos andando livremente pelo país.”, pontua o promotor de Justiça Lincoln Gakiya.


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!