A Coinbase é a maior exchange de criptomoedas nos Estados Unidos, recentemente eles abriram um escritório em Nova York.

A ideia dessa novo escritório é sair um pouco do ambiente do Vale do Silício onde a empresa está sediada e ir falar com os investidores institucionais de Wall Street.

A Coinbase tem 6 escritórios ao redor do mundo, empregando quase 700 pessoas.

A sede de Nova York será responsável pela venda comercial do recém lançado Index, um fundo que permite a investidores tradicionais investirem em Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum,  Litecoin e Ethereum Classic.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Atualmente esse escritório já conta com 20 funcionários, com planos para recrutar 150. Para dar conta dessa avalanche de contratações, a corretora está contratando dois coordenadores de recrutamento.

Menor volume em 1 ano

Apesar da expansão, um report recente mostrou que o volume das principais exchanges (incluindo a Coinbase) é o menor em 1 ano.

Coinbase e Binance Volume

Não é só a Coinbase que está sofrendo com o volume baixo, a Binance viu seu volume diminuir de 235 bilhões de dólares no primeiro trimestre para 106 bilhões.

Ok Neto, o mercado está com um volume baixo, então por que as exchanges continuam expandindo suas operações? Quais os motivos para tantos investidores estarem de olho nesse mercado?

Antes de responder essas perguntas, peço que veja o texto sobre os aportes na Coinbase. O texto vai deixar a situação mais clara:

https://cointimes.com.br/coinbase-se-prepara-para-receber-meio-bilhao-de-dolares-com-valuation-de-8-bi/

Motivos da expansão

A recente expansão da Coinbase para Nova York tem apenas um objetivo, atrair investidores institucionais.  Os “lobos de Wall Street” , diferente dos investidores comuns, muitas vezes olham o preço baixo do bitcoin como uma oportunidade de entrada.

Se, por exemplo, o bitcoin voltar ao seu valor mais alto de 19 mil dólares o retorno seria de ~400%. A Coinbase está captando essas baleias e parece que está dando certo:

“Quando vemos o mercado corrigindo, o que nós todos esperávamos, as instituições não perderam o interesse” disse Adam White, Coordenador Geral da Coinbase Institucional para a Coindesk.

Um segundo motivo tem a ver com a diversificação de ativos em um mercado ainda em desenvolvimento.

Investimentos coinbase

A lista acima mostra as aquisições da Coinbase dentro do ecossistema nos últimos meses, vemos investimentos em projetos que vão de games, stablecoins,  até Web Browsers para blockchain.

Além da diversificação dentro do sistema de blockchain, a Coinbase está caminhando para o mercado de tokenização e trade de securities (ações, futuros, opções e outros do tipo).  As diversas licenças que as exxhanges estão conseguindo de seus respectivos governos, ensaiam a entrada em mercados mais tradicionais. A Coinbase já pediu autorização para abrir um banco, a Poloniex comprou a SeedInvest.

Quais serão os próximos passos dessa expansão? Como você acha que o mercado de criptomoedas vai se comportar nos próximos anos?

Alguns caminhos já estão sendo traçados.

https://cointimes.com.br/maior-que-facebook-conheca-o-ipo-da-empresa-com-1-milhao-de-bitcoins/


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!