Coingoback

Erik Finman, um garoto de 12 anos, acompanhava seu irmão mais velho em um protesto sobre a irresponsabilidade de Wall Street na crise de 2008. A polícia chegou e por segurança eles tiveram que correr para longe. Por acaso, encontraram um homem vestindo uma camiseta do bitcoin.

A curiosidade do menino fez ele perguntar o que era o bitcoin. Então, o homem que “parecia um hippie” respondeu que “o bitcoin poderia acabar com Wall Street, toda a corrupção, e todas as coisas ruins”. 

Os garotos ficaram impressionados e foram para casa pesquisar mais sobre a criptomoeda. Após muitas pesquisas Erik decidiu que iria investir tudo que tinha, míseros US$1.000, para comprar aproximadamente 100 bitcoins. 

Por três anos, Finman ia para a escola e voltava para ficar na frente do seu computador e tentar acumular mais bitcoins. 

“Passei todos os dias negociando para conseguir mais depois disso”

conta Erik

Hoje, os 100 bitcoins valem mais de R$6.000.000,00 e Erik é o primeiro caso conhecido de uma criança que ficou milionária com bitcoin.

Pouco tempo depois, já com 15 anos, ele largou a escola para fundar sua startup de ensino digital  depois que uma professora disse para ele “largar a escola e ir arrumar um emprego no McDonald’s”.

Sua startup foi vendida por 300 bitcoins poucos anos depois.

Atualmente, aos 20 anos, ele trabalha em colaboração com a NASA para um lançamento de um satélite e em outros projetos. Um deles é a versão real do exoesqueleto do personagem Dr. Octopus para ajudar crianças com hipermobilidade, condição na qual as articulações se movem mais que deveriam. 

exoesqueleto para ajudar crianças
Exoesqueleto que Erik ajudou a criar

Se de um lado temos o bom exemplo de Erik, do outro veremos um jovem que ficou milionário com bitcoin cometendo crimes. 

Graham Ivan Clark, com apenas 16 anos já detinha ₿ 164 em 2019. Entretanto, diferente de Finman, Ivan conseguiu essas criptomoedas hackeando computadores. Ele roubou esses bitcoins do investidor de tecnologia Gregg Bennet.

17-year-old implicated in 'high-level' Twitter Bitcoin Scam -  QuarmeCaptain.com
Graham Ivan Clark

Já em 2020 com 17 anos, ele foi preso acusado de hackear dezenas de contas famosas no Twitter e usá-las para tentar aplicar golpes com bitcoin.

Bitcoin ajudando mais crianças

São poucas as crianças que ficaram milionárias com bitcoin e quiseram mostrar isso ao público. Mas a criptomoeda continua ajudando milhares de jovens ao redor do globo.

Um exemplo recente, é o Crypto Fundo da UNICEF criado para ajudar startups a superaram desafios em comunidades carentes em diferentes partes do mundo. O Crypto Fundo da UNICEF se beneficia da falta de burocracia para transferir fundos de forma barata usando o blockchain, tecnologia que primeiro apareceu no Bitcoin.

A transferência desses fundos – para oito empresas em sete países ao redor do mundo – levou menos de 20 minutos e nos custou menos de US $ 20. Movimento global quase instantâneo de valor, taxas de menos de 0,00009% do valor total transferido e transparência em tempo real para nossos doadores e apoiadores são os tipos de ferramentas com as quais estamos entusiasmados. ”, afirmou Chris Fabian uma das diretoras da UNICEF Ventures. 

Mas não são todas as pessoas que acreditam no potencial do bitcoin para ajudar crianças, jovens e adultos. Para Damares Alves, ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, o bitcoin facilita o trabalho infantil de crianças gamers.

Qual sua opinião sobre o uso de bitcoin por crianças? Deixe nos comentários.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br