Breaking News  
Conheça o único bem não confiscável do mundo Investimentos

Conheça o único bem não confiscável do mundo

Proteção contra governos e grandes corporações, conheça esse ativo

Neto Guaraci
Neto Guaraci

Em 1990, o presidente Fernando Collor ,“pelo bem da nação”, congelou e confiscou a poupança de todos os brasileiros.

O confisco de bens não é privilégio do governo brasileiro, até em democracias mais consolidadas como a norte-americana isso aconteceu diversas vezes. A mais recente em 2008, com o Emergency Banking Act, quando o governo tirou o dinheiro da população para dar a grandes conglomerados bancários.

A tomada de bens direta se deu também na Guerra Civil dos Estados Unidos da América (como mostra o filme “O Estado da Liberdade”, com review abaixo) e com a Ordem Executiva 6021 confiscando a maior parte do ouro da população. Há menos de 2 anos, a Índia também lançou uma campanha para confiscar  ouro “não registrado”.

5 filmes libertários para você assistir nessa semana

Expropriar é prática mais regular em ditaduras do que em regimes democráticos, na Venezuela dezenas de empresas tiveram seus bens confiscados pelo governo, aos opositores do regime de Maduro nem a vida lhes sobrou.

No vídeo abaixo podemos ver o ditador venezuelano randomicamente escolhendo prédios que serão expropriados:

Em tempos de crise econômica e efervescência política, a tomada de bens por Estados soberanos é mais comum.

Na revolução francesa todas as igrejas foram tomadas pelo governo revolucionário, até hoje se você for visitar uma grande catedral irá notar uma placa dizendo que aquele local é “de propriedade do governo francês”.

Como garantir a proteção dos meus bens?

Ao longo da história todo tipo de bem foi confiscado, casas, terrenos, metais preciosos e até grandes empresas.

Apesar da enorme vantagem dos governos quando falamos em força bruta, armas, exércitos e poder, nenhum deles é capaz de quebrar uma equação criptográfica bem elaborada. E aí está o segredo para o primeiro bem não confiscável do mundo, o Bitcoin.

O Bitcoin é um protocolo que unifica centenas de anos em estudos criptográficos. Não é uma tarefa fácil confiscar um bitcoin.

Para que um governo encontre a chave da sua carteira de bitcoin, ele precisará de todo o poder computacional mundial por alguns bilhões de anos.

Pela primeira vez, um bem é totalmente garantido por um conjunto de equações matemáticas. Como diz o jornalista e ativista Julian Assange:

“A criptografia pode proteger não somente as liberdades civis e direitos dos indivíduos, mas a soberania e independência de países inteiros, solidariedade entre grupos com causas comuns e projetos de emancipação global.”

Ter bitcoins não é um investimento especulativo, é uma forma sábia de proteção contra agentes políticos. Não é atoa que grandes empresas, universidade e até bancos estão comprando esse ativo.

Harvard, Stanford e MIT investiram em fundos de criptomoedas

Neto Guaraci
Neto Guaraci

Sou estudante de Gestão de Negócios e Inovação na Fatec-Sebrae. Trabalho na Foxbit, ajudo na criação de conteúdo. Amo falar sobre criptomoedas, liberdade financeira e empreendedorismo. Se você também gosta, entre em contato. :)