Coingoback

No maior acordo de direito de nome na história do mercado de jogos eletrônicos, a exchange de criptomoedas FTX pagou 210 milhões de dólares (mais de R$1 bilhão) para a conhecida organização TSM.

A organização norte americana de equipes de jogos agora se chama TSM FTX e planeja se expandir com escritórios abertos na Ásia, Europa e América do Sul.

A parceria também distribuirá criptomoedas para seus jogadores e funcionários, e a TSM adquirirá 1 milhão de dólares em FTT, o token nativo da corretora FTX.

Fundada em 2009, a TSM FTX afirma ser a organização de esportes mais valiosa do mundo e reúne jogadores de League of Legends, Fortnite, Super Smash Bros e Rainbow Six Siege de Tom Clancy, entre outros.

O CEO da exchange, Sam Bankman-Fried, revelou a parceria tuitando uma foto sua usando a nova camisa da organização.

A TSM FTX publicou um vídeo explicando a mudança de nome nas redes sociais, que foi compartilhado pelo jogador da NBA Stephen Curry, que disse: “Eu sempre soube que a TSM iria para a lua!”.

Em março, a FTX também comprou os direitos do nome da arena do time de basquete Miami Heat por US$ 135 milhões. O estádio passou a se chamar Arena FTX.

Veja também: Square considera criar carteira física de bitcoin, diz CEO do Twitter


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!