Cointimes
Tecnologia

Cresce o interesse do latino-americano pelo metaverso em 2.300%

Mulher com um óculos colorido e com as mãos na frente do rosto

Imagem de Riki32 por Pixabay

Relatório feito pela Comscore entre março de 2021 e 2022 com base nas buscas em redes sociais detectou que o assunto metaverso segue controverso, já que apenas 24% dos comentários são positivos.  

O Estudo foi feito com base nas escutas sociais no twitter, blogs, facebook, sites de notícias e instagram. Foram analisaram quantas vezes ela foi citada pelos usuários nos países da América Latina.

O relatório indica que durante esse período, o México liderou o número de menções sobre o Metaverso com (27%), em seguida estiveram o Brasil (22%), Argentina (19%), Colômbia (11%), Chile (11%) e Peru (5%).

O que falamos em redes sociais

A Comscore usou uma pesquisa conhecida como Social Listening que possibilita ao pesquisador monitorar qualquer assunto, marcas, personalidades, serviços do ecossistema digital. 

Ingrid Veronesi, Diretora Sênior da Comscore do Brasil, conta que a configuração do relatório é rápida, demora 30 minutos e a análise das informações levou uma hora.

O Brandwatch, que é a plataforma usada para analisar as escutas sociais, permite coletar as conversas em tempo real e com dados históricos até 2009. “Basta configurar o período de tempo que se precisa analisar para processar a informação. Planejamos publicar dados relacionados ao varejo ou eventos esportivos, mas a vantagem de usar o Brandwatch e ter medição em tempo real é que quando surge um tópico de tendência ou interesse geral, podemos analisá-lo e publicá-lo imediatamente”, explica Veronesi.

Veronesi conta que a ideia de fazer a pesquisa surgiu quando detectou que houve um aumento na conversa sobre o Metaverso. “Por isso decidimos fazer um breve relato sobre como o interesse por este tema vem aumentando e que tipo de conversas o público latino está tendo sobre isso. Nosso objetivo é mostrar ao setor que qualquer tema, marca ou campanha de interesse pode ser analisado por meio do Social Listening”, explica Veronesi.

Os temas mais falados

Na pesquisa foram analisados mais de 350 tópicos diferentes relacionados ao Metaverso, entre os assuntos que geraram mais de 92% das publicações sobre o tema nas redes sociais nestes dois anos, estão: mais de 39% trazem referência ao Facebook/Meta, 17% são sobre o uso da realidade virtual, 15% estão relacionados a empresas e negócios e 11% aos NFTs (Tokens Não Fungíveis). Em relação ao tom dos comentários sobre a tecnologia, 39% ainda são negativos.

Entre os setores mais engajados com a tecnologia na região, a moda aparece em primeiro lugar. “O grande volume de menções na categoria se deve ao fato de que, em março de 2022, ocorreu a primeira edição do Metaverso na Fashion Week, ocorrido em março deste ano, com desfiles programados com a ajuda da plataforma de realidade virtual Decentraland. Neste período, a Comscore registrou 1.134 menções sobre o Metaverso nas redes, atreladas principalmente às marcas participantes do evento”, lembra Ingrid.

Outros setores que também se engajaram ao Metaverso nas plataformas digitais foram: automotivo, bebidas, mídia, artes e bens imobiliários.

 Leia mais:

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.

Posts relacionados

Hardware wallets ficaram mais seguras com backups de Shamir

Gustavo Marinho
7 de outubro de 2019

Fórum Econômico Mundial advoga por censura global da internet em novo relatório

Neto Guaraci
4 de julho de 2021

Real Digital, a CBDC brasileira, deve ser lançada oficialmente na segunda metade de 2024

Vini Barbosa
31 de maio de 2022
Sair da versão mobile