Cointimes
Criptomoedas

Criptomoedas e ações sobem com a possibilidade de negociações entre Rússia e Ucrânia

Varejo impulsiona Bitcoin e Dolar

De acordo com os dados da Coindesk, alguns traders esperam que o salto de preço seja de curta duração em meio à incerteza geopolítica.

Neste sábado, o Bitcoin (BTC) e outras criptomoedas saltaram depois que a Rússia concordou em negociar com autoridades ucranianas.

“Vladimir Putin está pronto para enviar a Minsk uma delegação russa”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, a repórteres na sexta-feira (26). Ainda assim, a situação era instável, especialmente depois que as forças russas intensificaram os ataques à capital da Ucrânia nos últimos dias. Mais tarde, o presidente russo fez comentários sugerindo que não estava levando a sério a participação nas negociações.

Porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov – Fonte: Mikhail Metzel. 

Enquanto isso, os mercados globais estavam em um turbilhão de volatilidade à medida que os investidores tentavam entender os movimentos geopolíticos. O índice de ações S&P 500 subiu mais de 2%, enquanto o rublo da Rússia subiu, embora perto do nível mais fraco já registrado.

Nos mercados de criptomoedas, o bitcoin teve desempenho inferior à maioria das altcois ontem, sugerindo um maior apetite por risco entre os investidores. O BTC ficou praticamente estável nas últimas 24 horas, em comparação com um ganho de 11% no XRP e um aumento de 17% no token LUNA da Terra no mesmo período.

Alguns investidores esperam que a recuperação dos preços das criptomoedas continue por causa do aumento da volatilidade. A volatilidade implícita de uma semana do Bitcoin saltou para 75% anualizados na quinta-feira, superando os indicadores de um, três e seis meses, semelhante ao que ocorreu após o acidente de maio de 2021.

A volatilidade implícita refere-se às expectativas dos investidores quanto à turbulência de preços durante um período específico. Além disso, a estrutura de volatilidade invertida do bitcoin normalmente precede os preços mais baixos, de acordo com Omkar Godbole da CoinDesk. 

“Esses picos no preço spot provavelmente seriam atendidos com vendas spot agressivas, limitando o topo”, escreveu a QCP Capital, uma empresa de negociação de criptomoedas com sede em Cingapura, em um anúncio do Telegram esta semana.

Volume mais alto desde 5 de dezembro

Da mesma forma que a volatilidade, o volume de negociação do bitcoin as principais bolsas atingiram o nível mais alto desde a queda dos preços de 5 de dezembro, de acordo com dados da CoinDesk. 

Geralmente, as vendas de alto volume indicam o fenâmeno de capitulação, o que pode levar a saltos de preços de curto prazo.

Em um dia, a proporção do volume de compra em relação ao volume de venda foi um pouco maior, indicando um sentimento de alta entre os traders, segundo dados compilados pela CryptoQuant.

Ainda assim, o volume de negociação está em uma tendência de baixa nos últimos meses.

“Os volumes de consumidores na exchange permanecem mornos, apesar dos grandes movimentos no espaço de criptomoedas, sugerindo apetite reduzido ao risco e posicionamento geral leve nos mercados”, escreveu David Duong, chefe de pesquisa institucional da Coinbase, em um e-mail de sexta-feira aos clientes.

Leia Mais: 

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.

Posts relacionados

Bancos centrais devoram 20% da oferta global de ouro, e continuam comprando

Gustavo Marinho
21 de dezembro de 2019

Tribunal chinês declara legalidade do Bitcoin como “propriedade virtual”

Cointimes
19 de julho de 2019

Enfermeira é acusada de vender drogas na Dark Web por bitcoins

Cointimes
1 de fevereiro de 2019
Sair da versão mobile