O mais recente relatório da Universidade de Cambridge (UC) sobre a adoção de criptoativos aponta um aumento de 189% apenas no número de usuários que verificam sua identidade em algum serviço nos últimos dois anos.

Adoção cresce rapidamente

Embora o estudo assuma clara limitações a sua metodologia, existem motivos para acreditar que essa estimativa ofereça um resultado aproximado do número de usuários de bitcoin e outras criptomoedas.

Estimativa do total de contas e de investidores de criptoativos. Fonte: Universidade de Cambridge.
Estimativa do total de contas e de investidores de criptoativos. Fonte: Universidade de Cambridge.

O documento ainda cita um estudo do órgão regulador do Reino Unido, que estimou um aumento de 78% (em comparação com 2019) na propriedade de criptomoedas entre os indivíduos em todo o mundo.

Usuários de varejo ainda são maioria

O último estudo da UC afirma que, apesar do desenvolvimento de infraestrutura para que as criptomoedas recebam mais investimento profissional de instituições, os clientes de varejo continuam sendo a seção mais dominante do mercado.

Cointimes Awards

“A base de clientes dos provedores de serviços de criptomoedas ainda é principalmente voltada para o varejo, mostrando que, apesar do crescente interesse institucional, a taxa de conversão (de expressão de interesse para investimento) permanece limitada.”

Distribuídos por continentes estão estimados os investidores de varejo em preto, institucionais em amarelo, e não há dados para a porcentagem em cinza. Fonte: Universidade de Cambridge.
Distribuídos por continentes estão estimados os investidores de varejo em preto, institucionais em amarelo, e não há dados para a porcentagem em cinza. Fonte: Universidade de Cambridge.

De acordo com a equipe que conduziu e compilou a pesquisa, problemas persistentes, como manipulação de mercado e volatilidade de preços, resultaram em fraco interesse da classe de investimento institucional tradicional em abrir posições em cripto.

No lado positivo, no entanto, o estudo de criptomoeda de referência observou que 30% dos clientes registrados em empresas prestadoras de serviços da América do Norte e Europa são “clientes empresariais e institucionais”. Em contraste, esse número para Ásia, America Latina e África é de 16%, 10% e 20%, respectivamente.

Na conclusão das observações sobre os usuários de criptomoedas, a pesquisa da UC afirma que muitos provedores de serviços na região da Ásia têm mineradores de bitcoins e criptomoedas como seus clientes. Isso se deve à grande concentração de atividades de mineração, “especialmente na China”. O relatório disse:

“Os mineradores usam seus serviços para liquidar seu estoque de criptomoedas para moedas fiduciárias nacionais e cobrir despesas baseadas em fiat.”

Além disso, as mineradoras se empenham em proteger consideravelmente seus ganhos com cripto. Um número crescente dessas mineradoras de ativos digitais prefere colocar suas criptomoedas como garantia em troca de fundos fiduciários.

Cointimes Awards

Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br