O Grande Investidor

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) esclareceu que produtos negociados no Brasil são considerados ativos domésticos, ainda que possam se referir, ser lastreados ou possuam “fator de riscos subjacente preponderantemente estrangeiro”. É o caso, por exemplo, de fundos de índice (ETFs) brasileiros que repliquem indicadores do exterior.

A informação consta em ofício divulgado nesta quinta-feira pela Superintendência de Supervisão de Investidores Institucionais (SIN). O objetivo é esclarecer dúvidas de administradores e gestores de fundos a respeito da interpretação da área técnica sobre a definição de um ativo como doméstico ou do exterior.

Ainda segundo o documento, isso não impede que a própria norma estabeleça tratamento excepcional e particular para determinados ativos, como é o caso dos Brazilian Depositary Receipts (BDR) Nível I, que se equiparam a ativos financeiros no exterior.

Fundos encerram ano com captação líquida positiva de R$156,4 bi, diz Anbima

CVM: oferta pública inicial

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) recebeu cinco pedidos de oferta pública inicial (IPO) de empresas interessadas em participar do mercado de capitais.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

O movimento confirma o bom momento vivido pelo setor com companhias de diversos segmentos tentando acessar a B3 e, com isso, captar dinheiro para reinvestimentos.

De acordo coma  autarquia, o bloco de ontem incluiu companhias tão distintas quanto a varejista on-line Privalia, a produtora de etanol de milho FS, passando pela financiadora automotiva Rodobens, a fabricante de LED Unicoba e o grupo hospitalar Mater Dei.

Essa leva vem na esteira de nada menos que 13 estreias na Bovespa até agora em 2021, em ofertas iniciais de ações (IPOs) que já movimentaram R$ 19,2 bilhões.

Operações e análise

Ainda de acordo com a autarquia, com 37 operações em análise e outras dezenas de companhias pretendendo pegar o mesmo caminho, estimuladas pelo juro básico na mínima de 2% ao ano, a previsão de especialistas é de que esse mercado supere facilmente os R$ 45,3 bilhões levantados em 27 operações do tipo no ano passado, já o pico desde o boom de 2007.

O número só não é maior porque os sonhos de tocar a campainha na estreia das ações na B3 foram interrompidos para várias outras, que desistiram dos planos quando perceberam que os investidores não estavam dispostos a pagar quanto elas desejavam por suas ações. Só em 2021, dez empresas desistiram.

  • Só clique aqui se já for investidor

O post CVM afirma que ativos no exterior negociados no Brasil são considerados domésticos apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira.


 

BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!