Cointimes
Criptomoedas

Depois de regulamentação, “exchange anônima” ganha volume no Brasil

CVM Anônimato criptomoedas

A instrução normativa n° 1.888 da Receita Federal, que aumenta os custos operacionais das corretoras de bitcoin e quebra o sigilo transacional de todos os clientes negociando mais do que 30 mil por mês, ajudou a fortalecer o uso de corretoras sem KYC.

Funcionando na deep web (tor) uma das principais exchanges descentralizadas começou a ganhar volume após a desastrosa regulamentação da Receita Federal no mercado de cripotmoedas brasileiro.

Em fevereiro de 2019 o par BRL(real)/Bitcoin tinha poucas ofertas, após agosto (data de inicio da regulamentação) o número de negociantes só está aumentando.

Volume histórico da Bisq

Nessa exchange, o real (BRL) só ficou atrás do dólar no número de negociações e volume.

Apesar do resultado positivo, as exhcnages descentralizadas ainda têm um longo caminho. As taxas são altas, interfaces são pouco intuitivas e a liquidez é muito baixa. Sendo recomendadas apenas para aqueles que podem e querem pagar um preço premium pela privacidade.

Enquanto isso, o usuário comum pode comprar bitcoin em exchanges mais rápidas e simples, como a Foxbit.

A NovaDAX está completando três anos!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil completa três anos no mês de novembro e quem ganha é você! 

Serão até 30 moedas com taxa zero para transações e mais de 80 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.

Sair da versão mobile