Um PL em tramitação pela Câmara dos Deputados faz uma sugestão bem interessante: o deputado Paulo Sérgio Ramos Barboza (PDT-RJ) pretende suspender o mercado de ações por 120 dias.

“Suspende as atividades do mercado de ações, títulos ou valores mobiliários, em território brasileiro por 120 dias, em caráter excepcional, como medida restritiva para conter a disseminação pandêmica da enfermidade COVID-19,”

PL 1498/2020

Segundo portal da Câmara, a proposta não só visa preservar a vida de operadores e trabalhadores do mercado financeiro, mas também “diz respeito às constantes quedas da bolsa de valores”.

“Essa tendência é causada majoritariamente por movimentos de especulação que provavelmente não correspondem à realidade econômica do País, podendo retroalimentar o pânico em torno de uma paralisação brutal da economia brasileira”

Fonte: Agência Câmara de Notícias

O deputado também é autor do projeto de lei que “suspende o desconto em folha dos empréstimos consignados por 120 dias, prorrogável por mais 90 dias”. O projeto foca pessoas que tiveram o salário reduzido ou foram afastadas de suas funções.