Cointimes
Opinião

Deputados discutem “submissão” do mercado de Bitcoin ao Banco Central nesta quarta-feira

Brasília a noite

A sanha regulatória de Brasília passa por mais um capítulo deplorável nesta quarta-feira (29); os políticos pagos com nossos impostos vão discutir a submissão do mercado de criptomoedas ao Banco Central do Brasil. 

BC não consegue fazer o básico

O projeto de Lei 2303/15, de autoria do deputado Expedito Netto (PSD-RO), pretende submeter a supervisão do mercado de criptomoedas ao Banco Central do Brasil.  Nesta quarta-feira, às 14:00, o pagador de impostos vai, mais uma vez, financiar a realização de  uma comissão especial para regular o não regulável. 

Após tentarem criar uma lei para que os ventos sejam patrimônio da União, que ciclistas devam emplacar suas bicicletas e tantas outras idiotices, agora eles querem, figurativamente, que o ladrão de joias cuide da loja de diamantes. 

O Banco Central do Brasil deverá “disciplinar” o mercado de criptomoedas, diz o projeto de lei. Entretanto, o BC não consegue disciplinar a si próprio. 

O BC falha miseravelmente em todos os pontos da sua missão institucional. O real já perdeu mais de 85% do poder de compra desde sua criação, nosso sistema financeiro é formado por um cartel (segundo o próprio Ministro da Economia) e claramente nossa sociedade não está bem economicamente.  

Como deixar um tetraplégico com sérios problemas mentais e de saúde tomar conta de uma criança prodígio? 

Apesar de muitos players do mercado brasileiro implorarem por regulamentação, devido a completa incompetência de competir com empresas estrangeiras melhores, deixar esse mercado nas mãos do BC é completa insanidade. 

O Brasil perderá mais uma vez a oportunidade de desbancar o cenário internacional, em vez de nos tornarmos bastiões da liberdade econômica, o Congresso pretende dar o galinheiro para as raposas. 

Contudo, dessa vez as galinhas estão armadas com criptografia e muitos satoshis. 

*Este texto é opinativo e não reflete necessariamente a opinião do Cointimes.

Fontes: The Next Web, Banco Central e Câmara dos Deputados

A NovaDAX está completando três anos!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil completa três anos no mês de novembro e quem ganha é você! 

Serão até 30 moedas com taxa zero para transações e mais de 80 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.

Sair da versão mobile