Se você busca lucrar com criptomoedas até o fim do ano, é simples: basta investir em criptos conhecidas como Bitcoin e Ethereum, por exemplo. Elas acabaram de renovar as suas máximas e estão vivendo um momento verdadeiramente único desde a aprovação do ETF de futuros de Bitcoin nos Estados Unidos. 

Para que você tenha ideia, quem investiu em Bitcoin no começo do ano já dobrou o dinheiro investido no mesmo período que o Ibovespa cai mais de 10% e a renda fixa conservadora perde para a inflação.

Agora, se o seu desejo é conquistar o seu primeiro ou próximo milhão com apenas uma tacada, partindo de investimentos pequenos com criptoativos, aí é melhor dizer adeus ao Bitcoin – você dificilmente ficará rico investindo pouco dinheiro neles.

Ambas as criptomoedas já são muito grandes, conhecidas e, como disse, acabaram de bater as suas máximas históricas, o que torna improvável que se multipliquem expressivamente no curto prazo. 

Isso significa que é impossível ganhar dinheiro com elas? Não, provavelmente ambas continuem entregando excelentes retornos para os seus investidores até o fim do ano. 

Mas, se você realmente quer investir pouco e ter a chance de obter lucros capazes de, em apenas alguns meses, te aposentar, repito: é melhor dizer adeus ao Bitcoin e ao Ethereum. Como vou te mostrar, é o que os maiores investidores do mundo estão fazendo agora, dentre um dos sócios e conselheiros do Facebook.

Afinal, como disse, é praticamente impossível que você consiga ficar milionário investindo pouco dinheiro neles. Em contrapartida, nas moedas menores e ainda desconhecidas isso é totalmente possível. Aliás, não só possível, como aconteceu recentemente. 

Milionário em apenas 10 meses investindo 4 mil reais

Por exemplo, quem investiu R$ 5.600 na criptomoeda Kadena no início deste ano já tem na conta hoje, 10 meses depois, mais de R$ 1.000.000. Afinal, Kadena saiu da casa dos US$ 0,15 para ser cotada em US$ 24.28 ao se valorizar 16.600%.

No mesmo período, o investidor que decidiu colocar os mesmos 4 mil reais em Bitcoin tem hoje na conta em pouco mais de 8 mil. É um retorno ruim? Não, longe disso, mas não muda, de fato, a vida de ninguém.

Enquanto o investidor de Kadena conseguiria uma renda de R$ 10.000 por mês em uma aplicação que lhe pagasse 1% ao mês, o de Bitcoin receberia “singelos” 80 reais por mês.

Da mesma forma aconteceu com quem investiu em Fantom. A criptomoeda que iniciou o ano valendo US$ 0,017 já se multiplicou por 160 vezes e hoje é cotada a US$ 2,62. Aqui, bastaria um investimento de R$ 6.250 para chegar ao primeiro milhão.

E esse não são casos isolados, ou ainda retornos que existiram, mas ninguém pegou. No dia 16 de janeiro de 2021, o analista André Franco decidiu recomendar a criptomoeda AXS para os seus mais de 100 mil leitores. Na época, AXS ainda era extremamente pequena, desconhecida e valia apenas alguns centavos. Para ser mais exato US$ 0,50. 

Mas os movimentos neste mercado acontecem de maneira muito acelerada e apenas um mês depois, no dia 16 de fevereiro, AXS já havia quadruplicado de valor e passou a ser cotada US$ 2,05. Bastou apenas mais um mês para que, em março, ela dobrasse novamente a ponto de ser cotada em US$ 5,00, multiplicando por 10 vezes o dinheiro de quem investiu nela no começo.

Cinco meses depois, em julho, a moeda já valia US$ 24,00. E agora, 10 meses depois, no dia em que escrevo esta matéria, ela já vale mais de US$ 150. Sabe o que isso significou na vida de quem seguiu a recomendação de André Franco?

  • Quem investiu apenas R$ 500 viu a quantia se tornar R$ 147.500
  • Já aqueles que decidiram ir além e colocar R$ 1.000 em AXS colheram R$ 295.000; e
  • Quem investiu R$ 4.000 ficou milionário.

Tudo isso em apenas 10 meses. Acabou de acontecer. Agora, o criptoanalista identificou uma nova aposta dentro do segmento de finanças descentralizadas (DeFi) que, segundo a sua análise, tem de tudo para seguir um caminho semelhante ao de AXS e fazer 5 mil reais se tornarem um milhão, quem sabe, em apenas 10 meses. 

“Você pode até duvidar, eu entendo. Mas isso já aconteceu antes com AXS. E eu vou liberar o nome da próxima moeda da lista com potencial milionário de graça no dia 29 de novembro. Você escolhe se vai querer buscar o seu primeiro, ou próximo, milhão investindo 5 mil reais ou se vai deixar mais essa oportunidade passar” – André Franco

QUERO SABER O NOME DA NOVA APOSTA DE ANDRÉ FRANCO QUE, DEPOIS DE AXS, PODE FAZER R$ 5.000 SE TORNAR 1 MILHÃO

Ele tem o apoio do sócio do Facebook e maior investidor de tecnologia da História

Franco está otimista com a sua nova aposta, pois ele acredita que o evento que acabou de ser iniciado dentro da principal plataforma desenvolvedora de criptomoeda DeFis pode fazer com as criptos desse segmento deem um novo salto a ponto de fazer algumas delas se multiplicarem por 200 vezes.

Embora seja uma projeção que, em um primeiro momento pareça ousada, o otimismo de André só aumenta ao observar que esse salto já aconteceu com outras criptomoedas DeFis antes desse mesmo evento ser iniciado no passado.

Além disso, André não é o único a acreditar no potencial da sua grande nova aposta. Junto dele estão alguns dos maiores investidores do mundo – aliás, aquele que foi eleito pela New Yorker como o maior investidor de tecnologia da História, acabou de investir R$ 1 bilhão na nova aposta de André

Para que você tenha uma ideia, o investidor em questão foi o primeiro grande sócio do Facebook ainda em 2004, oito anos antes de a empresa ser listada em Bolsa, quando ela ainda era tocada por apenas 3 universitários de Harvard.

O hoje bilionário investiu na época US$ 500.000 no Facebook depois de se encontrar com Zuckerberg e seus co-fundadores, Chris Hughes e Dustin Moskovitz, em São Francisco. Oito anos depois, quando o Facebook abriu o capital na Nasdaq em 2012, ele possuía 44,7 milhões de ações, ou 2,5% da empresa. Essa participação valeria quase US$ 10 bilhões hoje.

Embora ele já tenha vendido grande parte das suas ações, ainda é sócio de Zuckerberg e faz parte do conselho da maior rede social do mundo. Agora, o visionário decidiu investir um valor 460 vezes maior na nova aposta do André do que investiu no Facebook em 2004. Ele acredita que os seus próximos bilhões virão dela. 

Outro bilionário que decidiu entrar de cabeça neste ativo digital foi Mark Cuban, dono da franquia dos Dallas Mavericks e um dos tubarões no programa “Shark Tank”. 

Cuban não consegue ser comedido nas suas palavras e, na opinião do bilionário, investir hoje na nova grande aposta de Franco é o mesmo que investir na internet no seu início, uma oportunidade única de lucros exponenciais. O comentário ganha peso ao perceber que Cuban foi um dos poucos a chegar ao bilhão nos anos 2000 com empresas da internet.

A Nasdaq, maior Bolsa de tecnologia dos Estados Unidos, vai além de André e afirma que a nova aposta do analista pode ser o próximo segmento a ter a chance de repetir os retornos exponenciais do Bitcoin. Isto é, transformar um investimento “singelo” de R$ 10 em mais de R$ 3 milhões.

E eles estão longe de serem os únicos figurões a estarem junto com André na sua nova grande aposta. A indústria DeFi vem tendo um interesse crescente. Como The Block Research relatou recentemente, quase 50% dos negócios de cripto no primeiro trimestre deste ano foram em projetos DeFi.

A consultoria Genesis vai mais longe e afirma que a demanda do Bitcoin está caindo justamente por conta da alta demanda pelas criptomoedas DeFis. Enquanto a maioria está de olho em protocolos mais conhecidos, como Bitcoin, Ethereum e até mesmo no metaverso, as maiores fortunas do mundo iniciaram uma corrida silenciosa para investir nestes ativos que ainda estão esquecidos – mas não por muito tempo.

Afinal, o motivo do interesse “às escondidas” dos maiores investidores do mundo na nova grande aposta do André justo agora é simples: como disse, estamos na cara do gol de um evento que já fez criptomoedas desse segmento saltarem e entregarem retornos que podem fazer o fato de 5 mil reais se tornarem 1 milhão parecem conservadores.

QUERO SABER O NOME DA NOVA APOSTA DOS BILIONÁRIOS QUE PODE REPETIR OS RETORNOS EXPONENCIAIS DO BITCOIN E FORMAR UMA NOVA LEGIÃO DE MILIONÁRIOS

Investir nela hoje pode te fazer trocar R$ 4.000 por R$ 1 milhão em apenas 10 meses, como já aconteceu antes

Diferente do que muitos pensam o mercado de criptomoedas vai além da especulação. Aliás, a mágica é a mágica desse mercado é justamente a possibilidade de conseguir lucros extraordinários investindo em novas tecnologias e soluções para a sociedade através das moedas.

Alguns projetos possuem aplicações reais, que podem mudar o curso de toda uma cadeia econômica, como a nova aposta de André, que pertence ao setor DeFi, vem fazendo.

Ela é vista como a próxima na fila para assumir a coroa do reinado do Bitcoin, pois, da mesma forma que o BTC foi criado para colocar fim ao monopólio dos bancos centrais das principais economias do mundo, essa nova tecnologia disruptiva foi criada para descentralizar o sistema financeiro tradicional como conhecemos 

Em um primeiro momento pode ser difícil entender os motivos que fazem isso ser tão importante, mas, quando olhamos de perto, vemos que, mesmo um mercado tão grande, como o financeiro pode melhorar.

Mas a verdade é que hoje, os grandes bancos monopolizam o sistema financeiro e oferecem, em sua grande maioria, serviços de baixa qualidade, caros e lentos aos seus clientes.  

Por isso, é de se esperar que soluções mais descentralizadas, rápidas e baratas surgissem para competir com o tradicional sistema financeiro – afinal esse movimento evolutivo não é visto apenas nesse caso.

Basta observar o que aconteceu com quem investia em linhas telefônicas e alvarás de táxi, por exemplo. Caso não se lembre, existia um mercado paralelo de venda de licenças de táxi que chegava a valer até R$ 120.000 em alguns pontos em São Paulo. 

Mas, com o tempo, os preços desabaram junto com todas essas antigas “tecnologias”. Elas foram completamente disruptadas por aplicativos como o Uber ou o 99 Táxis e substituídas por outras mais eficazes, descentralizadas, baratas e velozes. Ganha o consumidor final e os investidores que estavam do lado certo da moeda antes de a disrupção acontecer.

Foram esses que conseguiram embolsar lucros exorbitantes. Estou falando de pessoas que apostaram em empresas pioneiras, como, Uber, antes de elas se tornarem notórias conhecidas. 

Em contrapartida, aqueles que possuíam linhas telefônicas ou compraram um ponto de táxi por mais de R$ 100 mil viram o seu negócio e investimento derreterem ao passo que essas novas tendências cresciam e aposentavam as antigas.

Agora, essa mesma revolução está acontecendo com o sistema financeiro. E um grande passo para que este setor se torne descentralizado, sem taxas abusivas e mais transparente acabou de ocorrer. 

Como disse, se trata de um evento extremamente aguardado pelo criptomercado, que vai atingir em cheio a nova grande aposta de André. O otimismo do analista aumenta ao observar os retornos capturados pelas moedas DeFi logo após esse evento. Veja a tabela de valorização de algumas DeFis logo após o evento:

Tabela  Descrição gerada automaticamente

A menor da lista, HYDRO, valorizou 10.000% e multiplicou por mais de 100 vezes o dinheiro de quem investiu nela logo após o evento. Enquanto a líder do ranking, Bake, entregou incríveis 20.900% de retorno em menos de um semestre. Isso significa multiplicar o dinheiro por 210 vezes em 10 meses. Ou ainda transformar cada:

  • 100 reais investidos em R$ 21.000;
  • 1.000 reais investidos em R$ 210.000; e
  • Apenas 4.761 reais em R$ 1.000.000.

Isso aconteceu, não é um exercício teórico. Quem investiu na Bake, por exemplo, pôde transformar uma quantia pequena em milhões… uma fortuna de uma vida toda. 

Mas, como ganho passado não garante retorno futuro, agora André está focado em achar as próximas a repetirem esse retorno. E, na opinião do analista, diferente da última vez, Bake não será a maior beneficiada com o evento. Franco acredita que outras criptos vão ser as próximas a te dar a oportunidade de transformar alguns milhares de reais em um milhão no curto/médio prazo.

“É por isso que eu estou seguro em afirmar que R$ 5.000 podem se tornar 1 milhão. Isso já aconteceu antes, poucos meses depois desse evento e agora tem de tudo para acontecer novamente” – André Franco

QUERO SABER O NOME DAS PRÓXIMAS CRIPTOMOEDAS QUE, DEPOIS DE BAKE E CAKE, PODEM FAZER R$ 5.000 SE TORNAR 1 MILHÃO

58.000% em um dia: valor travado de R$ 100 bilhões está prestes a ser liberado 

E, ao que parece, a classe de ativos em questão já começou a ganhar luz e espaço depois da data. Segundo um estudo da Binance Research, o crescimento dos DeFis foi de 2.300%, totalizando um milhão de usuários, como você pode ver no gráfico abaixo:

Gráfico, Gráfico de linhas  Descrição gerada automaticamente

A pesquisa, que busca traçar um perfil dos investidores de criptoativos, mostra ainda que 66% dos usuários entrevistados já utilizam serviços DeFis, com uma grande presença principalmente no sudeste asiático.

Segundo esse mesmo estudo, o valor investido no segmento passou de US$ 697 milhões no fim de 2019 para US$ 16 bilhões em 2020. Um crescimento de mais de 2.300%. Hoje, esse número já passa dos US$ 40 bilhões.

Se a média de crescimento da classe já é assustadora, quando pegamos casos específicos o aumento fica ainda mais chocante. Veja o que aconteceu com apenas uma moeda do ranking de hoje, enquanto escrevo esta matéria.

Uma imagem contendo Tabela  Descrição gerada automaticamente

Em apenas 24 horas, ela apresentou um crescimento de nada mais nada menos que 58.000%, o que representa um aumento de 580 vezes em um dia. Que fique claro que esta não é a criptomoeda que Franco vai revelar no dia 29. Mas, como disse, os movimentos acontecem muito rápido nesse mercado e isso fica ainda mais evidenciado em ciclos de altas como estamos vivendo agora. 

Grandes investidores começam a “sair” do Bitcoin e do Ethereum rumo às criptomoedas menores que ainda estão baratas. É justamente nesse momento que conseguimos perceber alguns dos maiores lucros da História desse mercado nos menores períodos.

QUERO SABER O NOME DOS CRIPTOATIVOS QUE PODEM FAZER R$ 5.000 SE TORNAR 1 MILHÃO

Na realidade, 1 milhão é pouco perto do que você pode conseguir com essas criptomoedas hoje

Esse movimento é conhecido como altseason, ou seja, quando a dominância do Bitcoin começa a diminuir perante as outras criptomoedas menores (altcoins). Ela ocorre quando os investidores acreditam que o Bitcoin não terá tanto potencial de valorização no curto prazo e, por isso, começam a procurar nas moedas desconhecidas um caminho melhor para  buscar multiplicar o seu patrimônio.

E como o Bitcoin está nas suas máximas é justamente isso o que está acontecendo agora. Conforme mostrado no gráfico abaixo, a capitalização de mercado total do mercado de altcoins aumentou 80% desde 20 de julho. Enquanto isso, a taxa de dominância do Bitcoin caiu 10% desde 30 de julho.

Com o Bitcoin renovando máximas, as microcoins vêm abocanhando parte da dominância do mercado e entregando multiplicações impensáveis em menos de um ano.  Enquanto o Bitcoin sobe 10%, 20%, 50%; algumas microcoins estão subindo 7.000%, 10.000%, 30.000% e até 150.000%. Veja a tabela abaixo:

Tabela  Descrição gerada automaticamente

Esse é o retorno de algumas altcoins apenas em 2021. Repare que a líder do ranking, COCOS, subiu incríveis 159.102% e a menor, HORUS,  20.535%.  Em outras palavras, no primeiro caso, por exemplo, bastaria investir:

  • 650 reais para se tornar milionário..
  • 1.000 reais aqui já seriam R$ 1.591.000…
  • Esticando a conta, para ter 10 milhões de reais bastaria que você tivesse investido R$ 6.285.

Lembrando que tudo isso acabou de acontecer, aliás está acontecendo agora. Afinal, esse é apenas o retorno anual destes ativos. Eu não estava exagerando quando disse que são em momentos como esses que vemos algumas das maiores valorizações do mundo.  

Pois como são ativos com valor de mercado pequeno e que muitas vezes valem centavos, não é difícil para que eles se multipliquem por mais duas, 10 e até 100 vezes, como aconteceu com COCOS e pode acontecer agora com a nova aposta do André.

Mas a grande pergunta de toda altseason não é se as criptomoedas menores vão subir – isso já é praticamente certo. Mas quais criptomoedas vão subir. E ao que parece as maiores fortunas do mundo já escolheram as suas candidatas.

Texto  Descrição gerada automaticamente

Como a manchete acima demonstra, são as criptomoedas DeFis que ficaram para trás nessa recente alta do mercado, que estão chamando a atenção dos maiores investidores do mundo. Afinal, elas estão com uma demanda reprimida imensa travado dentro delas. Agora com o fenômeno dando mais luz a essa classe e os grandes investidores saindo das moedas maiores. 

“Recentemente o valor total travado em DeFi superou as máximas históricas e, mesmo assim, não presenciamos uma grande valorização deste tipo de ativo. Acreditamos que nos próximos meses o mercado possa se atentar a esse detalhe. Então, em vez de investir em ativos da moda que já entregaram lucros absurdos, recomendo comprar estas moedas o quanto antes. Elas estão baratas e podem fazer R$ 5 mil se tornarem 1 milhão” – André Franco

QUERO SABER O NOME DA NOVA APOSTA DO ANDRÉ QUE PODE FAZER R$ 5.000 SE TORNAR 1 MILHÃO

De mil ao milhão: a nova aposta que pode fazer R$ 5 mil se tornar R$ 1 milhão

Todo esse combo do evento que já fez R$ 4.000 investidos nos DeFis certos (Bake) se tornarem R$ 1 milhão, somado ao valor represado imenso nas DeFis sem que a valorização dos ativos acompanhe o ritmo de crescimento da tecnologia e o fluxo do Big Money rumo às DeFis em plena altseason, fazem com que André acredite que a sua nova aposta seja capaz de fazer R$ 5 mil se tornarem R$ 1 milhão quem sabe, no curto prazo, esteja dentro desse setor.

É claro que não existe retorno garantido, mas é difícil acreditar que todas essas instituições e bilionários estariam investindo na mesma grande aposta de André sem que ela tenha ao menos algum potencial – nenhum deles gosta de perder dinheiro, pelo contrário, são especialistas em fazer pouco dinheiro se tornar muito.

Mas para que você possa capturar esses lucros em sua totalidade você precisa estar posicionado antes e, principalmente, nas moedas certas. Afinal, timing aqui é crucial. Por se tratar de uma janela de oportunidades bem pequena (e única), você precisa agir agora, com as informações certas em mãos. 

Acredite, você não quer perder nenhum detalhe do que é preciso fazer para se posicionar na nova grande aposta do André. Essa pode ser a maior e última janela de oportunidade para fazer fortuna com criptomoedas que você vera este ano.

Então se você perdeu as valorizações citadas acima ou ainda não conseguiu fazer fortuna com o Bitcoin, AXS e o “hype” das criptomoedas, não se preocupe, porque depois do dia 29 você terá outra chance de capturar retornos, quem sabe, semelhantes – e poderá fazer isso da melhor forma. 

Já que Franco vai fazer uma live no dia 29 de novembro revelando gratuitamente a primeira das suas grandes apostas que possuem potencial de se multiplicar por 200 vezes e fazer:

  • R$ 500 se tornar R$ 100.000;
  • R$ 1.000 se tornar R$ 200.000; e
  • R$ 5.000 se tornar R$ 1.000.000;

Para ter acesso à transmissão e conferir a revelação da moeda em tempo real, tudo que você precisa fazer é clicar no link abaixo e se inscrever para o evento do plano Milionário com Crypto DeFi.  É de graça e pode mudar sua vida. 

Lembrando que você não precisa de R$ 5.000 para investir na nova aposta de Franco. Esse é o valor estimado para chegar ao milhão, mas, caso queria começar com menos, não tem problema. Não existe valor mínimo ou máximo para investir nelas.

QUERO SABER O NOME DOS CRIPTOATIVOS QUE PODEM FAZER R$ 5.000 SE TORNAR 1 MILHÃO

A NovaDAX está completando três anos!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil completa três anos no mês de novembro e quem ganha é você! 

Serão até 30 moedas com taxa zero para transações e mais de 80 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.