O dólar americano fechou o dia a R$ 5,30, uma queda de cerca de  0,18% em relação a sua abertura de hoje (13) de 5,32. A moeda americana parece ter iniciado correção após a subida que se iniciou em R$ 5,00 até os 5,49 no dia 11 de janeiro.

Ontem, no dia 12, o dólar passou por uma das suas maiores quedas dos últimos anos, com uma variação de 3,32% negativa em relação à moeda brasileira. 

De acordo com Cleber Alessie, gerente da mesa de derivativos financeiros da Commcor DTVM, a volatilidade do real se deve em grande parte por conta da taxa de juros baixa. Com o dólar apresentando alta nos últimos meses, ele afirmou que o Brasil não está oferecendo retornos tão altos levando em conta os riscos o investidor estrangeiro.

De acordo com dados divulgados pelo Banco Central nesta quarta-feira, o influxo cambial em 2021 está sendo positivo em US$ 1,3 bilhão até o dia 8 de janeiro.

No cenário internacional, o otimismo com a chegada das vacinas aumenta e as bolsas sobem. Enquanto o Ibovespa cai 1,49%, os futuros de S&P500 sobem 0,3% e o índice dólar cresce 0,3%. O que significa que a moeda está, no geral, ganhando força no mercado internacional.

Veremos o real brasileiro chegar a patamares inferiores à 2020? Deixe sua opinião na seção de comentários abaixo.

Leia mais: Ethereum pode ter os mesmo problemas da XRP com novo presidente da SEC

A NovaDAX está completando três anos!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil completa três anos no mês de novembro e quem ganha é você! 

Serão até 30 moedas com taxa zero para transações e mais de 80 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.