Não é de hoje que Elon Musk e Vitalik Buterin estão no cenário das criptomoedas, mas a união entre os dois gênios seria uma novidade com o potencial de resultar em uma alta nunca antes vista no mercado de criptomoedas. 

Vitalik, criador do Ethereum, é visto como um gênio do mercado. Ele se uniu a Dogecoin Foundation, assim como Elon Musk em 18 de agosto de 2021, como é mostrado na imagem abaixo:

Membros da Dogecoin Foundation
Conselheiros da Dogecoin | Fonte: Dogecoin Foundation

Novidades chegando para a Dogecoin?

Após 6 anos inativa, a Dogecoin Foundation voltou renovada e seus membros estão com diversas novas ideias. Vitalik, por exemplo, respondeu ontem quais seriam as ideias promissoras da colaboração entre ETH e Doge em uma sessão de perguntas no Twitter.

“Pessoalmente, espero que a Doge possa migrar para PoS em breve, talvez usando código do Ethereum. Também espero que eles não cancelem a emissão anual de 5 bilhões/ano de PoW, ao invés disso, eles poderiam utilizar algum tipo de DAO que financia bens públicos globais. Caberia bem com o ethos não ganancioso da Dogecoin.”

Recentemente, Vitalik tem se dedicado a manutenção de bens públicos, por meio da iniciativa Gitcoin, que incentiva desenvolvedores a trabalharem em projetos open source e públicos. A iniciativa já conta com 311.668 desenvolvedores ativos e US$30 milhões em doações. 

Tornando-se PoS, a Dogecoin poderia parar de emitir novos tokens para os mineradores via PoW e, em vez disso, doá-los para projetos abertos que possam até mesmo beneficiar e acelerar a adoção do projeto.

O sistema de consenso em PoS pode diminuir os custos de operação dos validadores de transações, o impacto ambiental, e melhorar a velocidade das transações. 

Vitalik e Elon: o que é amor?

Já Elon perguntou “What is love?

Ao que Vitalik respondeu: “X AE A-12 don’t hurt me…”, em referência à música do cantor Haddaway e ao estranho nome da filha de Elon: “X AE A-12”.

Unidos, Vitalik e Elon contam com mais de 60 milhões de seguidores apenas no Twitter. Uma população maior que a junção das populações de Chile e Argentina.

Apesar do péssimo desenho econômico da Doge, que emite mais moedas do que o Banco Central do Brasil, um pump combinado dos dois gênios poderia resultar na maior alta da história do mercado de criptomoedas. 

Talvez não uma alta sadia, mas sim um “medo de perder o trem” (FUD) exacerbado. Isso pode acontecer? Sim, já vimos diversas vezes que Elon gosta de manipular o mercado, e Vitalik não tem medo de manipular blockchains:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br