O mercado de empréstimos com criptomoedas está decolando e uma das empresas que mais cresceram nele foi a BlockFi, que será obrigada a pagar uma multa equivalente a R$500 milhões. 

As informações vieram da SEC (Security Excahnge Comission), o órgão regulador do mercado de ativos mobiliários nos EUA.

“As plataformas de empréstimo de criptomoedas que oferecem títulos como os BIAs (contas de pagamentos de juros) da BlockFi devem tomar conhecimento imediato da resolução de hoje e cumprir as leis federais de valores mobiliários”, disse Gurbir S. Grewal, diretor da Divisão de Execução da SEC.

A empresa pagará multa de US$50 milhões por infringir o “Company Act de 1940” e outros US$50 milhões para 32 estados dos Estados Unidos, totalizando US$100 milhões ou o equivalente a R$500 milhões. 

O documento ainda acusa a BlockFi de criar material publicitário enganoso por mais de dois anos em seu website a respeito do risco de investir nos criptoativos. 

Caso pode repercutir no Brasil?

Outra empresa que pagava rendimentos em conta, mas dessa vez no Brasil e com reais, era a Binance.

A maior corretora de criptoativos não tinha permissão para oferecer esse tipo de serviço, segundo acusações da ABCripto

Entretanto, diferente do que aconteceu nos EUA, a maior corretora do mundo passou impune no Brasil.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br