Cointimes
Bitcoin

Empresa vai se endividar em R$2 bilhões para comprar bitcoin e máquinas de mineração

CEO da Marathon Digital Holdings

CEO da Marathon Digital Holdings. Reprodução/Twitter.

A Marathon Digital, uma das principais empresas de mineração de bitcoin nos Estados Unidos, quer se endividar ao equivalente a 2,7 bilhões de reais para comprar bitcoin e máquinas de mineração.

O movimento é interessante, pois a empresa tem em caixa cerca de 7 mil bitcoins ou pouco mais de 400 milhões de reais na conversão atual. Ou seja, eles não querem se desfazer do BTC mesmo que precisem se endividar para isso.

Estratégia de manter bitcoins e apostar contra o dólar

A estratégia da Marathon vai ao encontro de outras mineradores de bitcoin com capital aberto como a Riot, Hu8 e Bitfarms, todas preferem guardar seus bitcoins a liquidá-los. Em conjunto, essas empresas contam com mais de 20 mil bitcoins (R$ 5 bi) em caixa.

Isso mostra a confiança das mineradoras de bitcoin em apostar na criptomoeda e se assemelha ao movimento dos industriais alemães próximos à hiperinflação do país entre 1914 e 1923. Naquela época, as pessoas mais ricas tomavam altos empréstimos em marcos alemães para comprar ouro, como uma forma de se proteger contra os efeitos inflacionários.

Atualmente, com inflação batendo recorde em diversos países, o bitcoin virou uma espécie de ouro com melhores qualidades. Grandes empresas como Tesla, Microstrategy e algumas inclusive listadas na bolsa de valores do Brasil têm bitcoin em caixa. 

A proposta da Marathon dará aos credores juros sobre o capital duas vezes ao ano, com prioridade de execução em caso de falência e maturação para dezembro de 2026. O dinheiro será usado para “aquisição de bitcoin ou máquinas para minerar bitcoin”. 

Em suma, a Marathon e outras empresas de mineração estão apostando fortemente na alta do criptoativo. Do contrário, não se endividariam e liquidariam seus bitcoins.

Vale lembrar que a Marathon ficou conhecida como a primeira empresa a minerar um bloco de acordo com as regras da Office of Foreign Assets Control (OFAC), gerando revolta na comunidade.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Posts relacionados

Volume da rede Bitcoin aumenta e Terra “vai à Lua” – Resumo de Mercado

Bruno Haacke
2 de dezembro de 2021

O mercado de ações vai “quebrar muito”, diz CEO da Doubleline Capital

João Victor
6 de novembro de 2020

Quantas árvores o Bitcoin precisa plantar?

Bruno Haacke
21 de setembro de 2021
Sair da versão mobile