Cointimes
Bitcoin

Engenheiro tem dano cerebral após tentar minerar bitcoin em casa

Engenhiro cérebro e bitcoin

Fonte: pando.com

Minerar bitcoin já foi uma tarefa fácil entre 2009 e 2013, bastavam algumas boas placas de vídeo e você recebia 50 bitcoins a cada 10 ou 30 minutos, foi isso que atraiu um engenheiro recém-formado e desempregado que iria se arrepender pela vida toda da sua decisão.

Leia também: Como minerar Bitcoin? Como funciona a mineração?

Minerando bitcoin em casa

Em 2011, os Estados Unidos estavam acabando de sair de uma recessão. Os bancos foram mais uma vez ajudados pelo governo e a situação econômica era complicada para boa parte dos norte-americanos.

E não era diferente para John, um engenheiro de 23 anos recém-formado há 2 meses que buscava algum emprego na sua área. Sem perspectiva, ele topou com um novo projeto chamado Bitcoin.

“Papel moeda e dinheiro fiat é ruim”, ele ouviu nos fóruns das criptomoedas. Inicialmente, John não levou a proposta tão a sério, mas ele conseguia rodar o programa em seu computador e ser recompensado com 50 moedas regularmente.

Primeiramente, ele fez isso apenas por diversão. Um ano antes, alguém tinha vendido 10 mil bitcoins por duas pizzas, o famoso e ainda comemorado Pizza Day. Não parecia muito e isso colocava 1 bitcoin valendo apenas alguns centavos.

Lei também: Bitcoin Pizza Day – E a pizza mais cara da história?

Mas em 2011, a cotação da criptomoeda já alcançava US$20 dólares e o engenheiro recém-formado em busca de emprego viu uma oportunidade. Aliás, quem precisa de um trabalho comum se você pode minerar bitcoin em casa?

Pensando nisso, John resolveu montar mais computadores com as melhores placas de vídeo que ele poderia ter. Quanto mais overclock, computadores e placas de vídeo, mais poder de mineração e mais bitcoins ele teria no final do dia. O Bitcoin virou uma obsessão.

Em pouco tempo, seu quarto estava lotado de máquinas. E isso era maravilhoso, John estava ganhando muito dinheiro!

E então, um verão quente

Em sua cidade, uma onda de calor chegou junto com o verão. O engenheiro não tinha ar-condicionado ou sistema de refrigeração pré-instalado na sua casa, o que levou a temperatura do seu quarto a chegar a 43,3° C.

O minerador se sentia um pouco cansado, mas ele pensava que isso era algo comum devido as altas temperaturas. Certo dia, John levantou-se da cama se sentindo tonto. O barulho das suas máquinas rodando o algoritmo de mineração e o calor dificultavam o sono.

Nos últimos dias, o engenheiro não conseguia beber água ou comer qualquer coisa, pois sentia ânsia de vômito. Em decorrência disso, acabou desenvolvendo uma dor de cabeça insuportável, chegando a sentir seus olhos pressionados pela sua cabeça.

Cansado, ele resolveu dormir mais cedo. Após um dia sem sair do quarto, a mãe de John achou esquisito o comportamento do filho e resolveu ver o que estava acontecendo. Ao abrir a porta, ela sentiu o forte calor e viu seu filho deitado na cama irresponsivo.

Destruído pelo calor do bitcoin

O Bitcoin é sem dúvidas uma moeda quente, mas para John ela foi quente até demais. Já na emergência, o minerador passou por diversos exames  apontando o processo de falência de múltiplos órgãos.

A temperatura do seu corpo estava acima do normal. O excesso de calor prolongado por dias causou danos irreparáveis ao seu corpo. Parte das suas entranhas tinham sido perfuradas por reações ao excesso de calor e seu fígado sofreu traumas. E o pior?

Após dias de tratamentos e cirurgias, os médicos perceberam leves disfunções no sistema motor, John perdeu o controle de alguns movimentos. Um dano cerebral irreversível.

Casas pegando fogo e outros problemas

O caso de John foi contado por um famoso médico e youtuber que preservou o nome do autor (como fizemos no texto), mas ele não é o único minerador que teve problemas. 

Relato de insolação por minerar Bitcoin

Ao pesquisar em fóruns relacionados a bitcoin vemos diversos casos de acidentes similares. Um deles relata mais problemas com o excesso de calor:

“Eu terminei com o Bitcoin. Era dinheiro fácil, mas não valia a pena o calor (literal).

> tinha 4 máquinas com múltiplos 5850s com overclock no meu quarto

> velocidades do ventilador em 100%

> sala estava quente, mas tolerável

> o tempo fica mais quente de repente um dia

> tenho uma forte insolação enquanto estou dormindo

> sou levado ao pronto-socorro, coberto com sacos de gelo e bebendo toneladas de gatorade e água

> finalmente esfriei depois do que pareceu uma eternidade

> descubro que tenho pequenos danos cerebrais permanentes agora porque meu cérebro estava quente e muito inchado 

Eu gostaria de estar brincando.”

Os acidentes eram tão comuns que foi criado um site chamado “BitcoinMiningAccidents” ou “acidentes minerando bitcoin” em português. Em um dos casos narrados pelo site, um casal que tentava minerar bitcoin teve que chamar os bombeiros para conter um incêndio em sua casa.

Mais detalhes sobre as fontes estão sempre em “sources” ao final do texto.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

Sair da versão mobile