Nesta semana o Jornal NH divulgou diálogos reveladores de Leidimar Lopes, líder da Unick Forex, mostrando a verdadeira cara do esquema criminoso.

Segundo levantamentos do Ministério Público, a Unick movimentou mais de R$28 bilhões e deve cerca de R$12 bi a quase 1 milhão de clientes. O esquema foi deflagrado pela Polícia Federal no final de 2019, prendendo Leidimar e outros integrantes da pirâmide.

Contudo, os clientes até hoje alimentam esperanças de que Leidimar e a Unick Forex voltem a pagá-los. Eles chegaram a coletar mais de 15 mil assinaturas nos últimos meses, pedindo a soltura dos líderes da Unick.

Entretanto, se solto os planos de Leidimar são outros. Conforme escutas feitas pela investigação do esquema, o líder da Unick revela que não tem a intenção de devolver o dinheiro do esquema.

“Eu nunca falei pra ninguém que devolvia dinheiro pra alguém”, disse Leidimar

Nos diálogos, Leidimar revela a um parente que não liga para os clientes:

“Ou ouviu eu falando alguma vez isso aí pra alguém? Que se f… agora.”, disse o chefe do esquema se referindo a promessa de devolução do dinheiro.

Dinheiro sumiu

A polícia conseguiu apreender mais de 1500 bitcoins e alguns milhões em contas bancárias, carros e outros bens. No entanto, esse valor é apenas uma pequena porção do que sumiu.

A PF apurou que apenas um dos presos da Unick é acusado de lavar mais de R$1 bilhão. A Unick, segundo investigações, chegou a usar escolas para lavar o dinheiro.

Veja também: O que fazer se fui lesado pela Unick Forex?

Saiba como nunca mais cair em esquemas de pirâmide: