Breaking News  
Foxbit começa a negociar Ether, criptomoeda do Ethereum Mercado

Foxbit começa a negociar Ether, criptomoeda do Ethereum

Uma das maiores exchanges do Brasil lança negociação de Ether, criptomoeda do Ethereum.

Lucas Bassotto
Lucas Bassotto

A Foxbit, uma das maiores corretoras do Brasil, listou a criptomoeda Ether, da plataforma do Ethereum em sua plataforma de trade. Desejo antigo do próprio CEO da Foxbit, João Canhada, e da comunidade de criptomoedas, o Ether agora será negociado na Foxbit através dos pares BRL (Reais) e BTC (Bitcoin) a partir de hoje, 21 de novembro de 2018.  O caminho para a listagem de altcoins começou a ser trilhado com a entrada do Litecoin na plataforma, no último dia 15 de Outubro

Canhada já deixou claro em diversos eventos que a Foxbit iria priorizar as criptomoedas com os projetos mais maduros e maior volume de negociação no mercado. O lançamento de litecoin e ethereum confirma o posicionamento do CEO da Foxbit. Agora a dúvida é: quais serão os próximos lançamentos da Foxbit em sua plataforma de trade?

Foxbit lança Ether

Com isso, a Foxbit passa a oferecer três opções de criptoativos para seus mais de 400 mil clientes: bitcoin, litecoin, além de etherLançado em 2015, o Ethereum é uma plataforma descentralizada capaz de executar contratos inteligentes e aplicações descentralizadas usando a tecnologia blockchain. 

O ether é o terceiro segundo criptoativo em volume de negociação. O CEO da Foxbit, João Canhada, ressalta que o ether não compete com o bitcoin ou vice versa. “São ativos que se complementam de forma que vai muito além do mercado financeiro. Ambos são imprescindíveis na carteira de um investidor que pretende apostar em criptomoedas”, explica. O Ether é primordialmente utilizado para financiar projetos que nascem na própria plataforma do Ethereum, ou seja, não deve ser utilizado em um futuro próximo como meio de pagamento, como o bitcoin. 

Canhada explica que tanto o ether quanto litecoin foram escolhidos não apenas por análises técnicas e de viabilidade econômica, mas também atendendo aos anseios dos clientes da Foxbit. “Pesquisamos juntos aos nossos usuários quais criptos deveríamos incluir e a ether foi quase uma unanimidade. A litecoin era menos conhecida, incluímos de forma piloto na plataforma, há dois meses, mas a receptividade está sendo muito boa”, explica.

De acordo com Canhada, a expectativa é incluir novas criptomoedas no primeiro semestre de 2019. “Vamos continuar monitorando o mercado e pesquisando o que os nossos clientes querem investir para incluir em nossa plataforma”, explica.  

Este tipo de conteúdo é relevante para você ou alguma pessoa que você conhece? Se for, siga e compartilhe a página do Cointimes e se mantenha sempre atualizado no mercado – FacebookTwitterInstagram.

Lucas Bassotto
Lucas Bassotto

Sou Lucas Bassotto, graduando em Economia. Um grande entusiasta do mundo da criptoeconomia. Atualmente trabalho na Foxbit produzindo conteúdo.

O Cointimes utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.