A Vitreo, instituição financeira fundada em outubro de 2018, viu neste ano de 2020 o desempenho do seu principal fundo de criptomoedas superando a valorização do ouro, o ativo financeiro favorito dos investidores em períodos de crise.

Parceira da Empiricus desde o início, a fintech tem mais 7 bilhões em ativos sob custódia em apenas dois anos de existência.

Hoje, o maior fundo de criptoativos da empresa, o CriptoMoedas, conta com alta de 122,10% desde a criação, em 28/02/2020, até a cota do dia 10/12/2020

Comparação do Fundo de Cripto vs. outros investimentos.
Retorno do fundo CriptoMoeda comparado com CDI, SP&500, Ibovespa, dólar e ouro. Fonte: Vitreo.

No mesmo período, o ouro subiu cerca de 22% em reais. Já quem preferiu deixar em renda fixa rendendo o CDI, teve ganho de 1,96%, enquanto os que arriscaram no Ibovespa tiveram por volta de 11,4% em retornos.

Para conhecer mais a Vitreo e o Cripto Metals Blend, você pode acessar clicando aqui.

Vale notar que a rentabilidade passada não garante ganhos futuros, e as moedas digitais são consideradas ativos de alto risco devido a volatilidade do mercado.

O ano de 2020 marcou a desvalorização das moedas de países subdesenvolvidos perante o dólar. Em especial, o real foi a moeda que mais se desvalorizou esse ano, perdendo mais de 40% do seu valor. Nesse cenário, a estratégia vencedora tem sido possuir ativos que protegem o investidor da desvalorização da moeda.

Segundo George Wachsmann, CIO da Vítreo, os altos retornos do fundo têm relação com a massiva impressão de dinheiro “para conter os estragos da crise do coronavírus”, enquanto o bitcoin e as criptomoedas” estão andando no sentido contrário. No sentido da escassez.”

FRED - Quantidade de dólares na economia
Quantidade de dólares em circulação na economia. Fonte: FRED.

Somente em julho deste ano, mais dólares foram impressos que em 200 anos! Esse tipo de cenário traz incertezas e aumenta o número de investidores que desejam se proteger da inflação.

Essa política de impressão de dinheiro deve continuar, visto a falta de perspectiva fiscal para o controle das dívidas mundiais.

Cuidado com as ações

Mas se você não está em reais e sim em ações, cuidado! Apesar de as bolsas mundiais terem subido 17,9% (Dow Jones), ainda menos que o fundo da Vitreo, alguns dados são alarmantes. 

Muitos investidores acreditam que o mercado de ações está sobrecomprado. Um deles é o Warren Buffett e seu indicador – o que é ele? É basicamente a soma de todas as empresas negociadas na bolsa do país dividido pelo PIB.

“Quando o PIB cresce mais devagar que o mercado de ações, o índice indica que o mercado está caro”, explica Henrique Castro, professor de Finanças e Investimentos da FGV EESP.

Veja abaixo quando o indicador resultou em uma bolha no mercado de ações:

Indicador Warren Buffet

A desvalorização da moeda, ações supervalorizadas de acordo com o índice de Warren Buffett e a desconfiança quanto ao cenário fiscal das principais economias do mundo, estão guiando os investidores mais prudentes para os fundos de criptomoedas.

Desde gigantes internacionais como a Microstrategy, até simples investidores do varejo têm comprado fundos de BTC e outras criptos.

E é aí que entra o fundo regulamentado da Vitreo. 

Diferença entre os fundos de criptomoedas da Vitreo

Para atender a questões regulatórias, o investimento no fundo CriptoMoedas é exclusivo para investidores qualificados ou que tenham alguma certificação aceita pela CVM.

No entanto, o fundo Cripto Metals Blend, que diversifica entre ouro, prata e criptomoedas, está disponível para o público geral.

Cripto Metals Blend
Composição teórica do fundo CriptoMoedas. Fonte: Vitreo.

Enquanto mantém a maior parte do fundo alocado na principal criptomoeda do mercado, o Bitcoin, a gestão também diversifica em altcoins baseado no relatório Exponential Coins, do analista de criptomoedas André Franco, além da validação da equipe da QR Capital. O produto possui aplicação mínima de R $5.000 e taxa de administração de 1,5% ao ano.

Quero investir usando o Cripto Metal Blends.

Já o Cripto Metal Blends, o fundo acessível para o público geral, conta com um mix dos melhores ativos de refúgio do mundo e possui um investimento mínimo de apenas R $1.000, além de taxa de administração de 0,05% ao ano.

Quero investir usando o Cripto Metal Blends.

Você já começou a diversificar o portfólio em ativos de refúgio como metais e criptomoedas? Quais suas principais dúvidas sobre o tema? Deixe nos comentários que vamos te ajudar!