Cointimes
Bitcoin

Fundo de US$ 100 bilhões de Ray Dalio considera investimento em bitcoin

Fundo de US$ 100 bilhões de Ray Dalio considera investimento em bitcoin

O famoso investidor Ray Dalio, fundador da Bridgewater Associates, fundo com mais de US$ 100 bilhões em ativos sob gestão, outrora um crítico do bitcoin, mudou seu posicionamento de anos anteriores e agora parece mostrar uma visão positiva a respeito do ouro digital, tendo chamado o BTC de ‘uma baita invenção’.

As afirmações foram feitas através de um extenso artigo escrito por Ray que foi publicado no site oficial da Bridgewater. O texto apresenta uma visão otimista a respeito do Bitcoin e, ao que tudo indica, o fundo está considerando o investimento na criptomoeda.

Por outro lado, acredite em mim quando digo que eu e meus colegas da Bridgewater estamos focando intensamente em reservas alternativas de ativos de riqueza, e o Bitcoin não escapará de nosso escrutínio.

Apesar da notícias extremamente positiva, Ray deixou claro que só pretende investir em ativos alternativos valores que o fundo estaria disposto a perder a maior parte:

Bitcoin parece uma opção de longa duração em um futuro altamente desconhecido em que eu poderia colocar uma quantia de dinheiro que não me importaria de perder cerca de 80%.

Dalio afirmou que atualmente existe uma necessidade por ativos semelhantes ao ouro para que os investidores possam se proteger da desvalorização do dinheiro e do crédito.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Não há muitos ativos alternativos semelhantes ao ouro neste momento de crescente necessidade (por causa de todas as dívidas e criações de dinheiro que estão em andamento e acontecerão no futuro). Por causa do que está acontecendo no mundo, além de haver uma necessidade crescente de dinheiro ou armazenamento de ativos de riqueza que são limitados em oferta.

A possível entrada da Bridgewater Associates no Bitcoin alimentaria ainda mais a narrativa da entrada de dinheiro institucional na criptomoeda. Recentemente, a Black Rock, empresa com mais de US$ 8 trilhões em ativos sob gestão afirmou a possibilidade da empresa começar a investir em futuros de bitcoin.

Em grande parte, essas entradas institucionais podem ser atribuídas a depreciação da moeda por parte dos governos ao redor do mundo, movimento esse que se intensificou em 2020.

Com a maioria dos bancos centrais do mundo agindo para depreciar suas moedas em um momento em que os rendimentos dos títulos já estão convergindo para zero, é razoável procurar reservas alternativas de riqueza. O bitcoin, de longe o líder entre as criptomoedas, recebeu a maior parte da atenção aqui…, lê a nota.

No entanto, Dalio cita a computação quântica e futuras regulamentações como desafios que o Bitcoin ainda vai enfrentar e se chamou a possibilidade do Bitcoin ser superado por outra criptomoeda de um risco. 

Leia mais: US$ 10 trilhões podem se mover do ouro para o Bitcoin, afirma Michael Saylor


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!


 

Sair da versão mobile