A Gemini, empresa que realiza a custódia do ETF de bitcoin QBTC11, anunciou sua iniciativa de combate às mudanças climáticas, o Gemini Green. 

A Gemini, exchange fundada pelos irmãos Winklevoss, anunciou sua iniciativa de longo prazo de combate às mudanças climáticas, o Gemini Green.

O Gemini Green tem como foco o consumo de energia da Rede Bitcoin, buscando compensar e diminuir todas as emissões de CO2 proveniente da energia utilizada pelos mineradores.

O primeiro passo para essa missão foi compensar toda emissão proveniente dos próprios Bitcoins mantidos sob custódia pela Gemini. Além de ser uma corretora, a Gemini também presta serviços de custódia institucional para diversas empresas do mundo inteiro, incluindo a QR Asset Management, gestora do grupo QR Capital que tem a custódia de seu ETF 100% Bitcoin, o QBTC11, realizada pela Gemini. 

Para isso foram gastos mais de US $4 milhões em compra de créditos de carbono, a compensação cobre o período de 1º de janeiro a 30 de junho de 2021, evitando que um total de 341.965 toneladas métricas de carbono entrem na atmosfera. 

Essa compra foi feita de acordo com uma metodologia feita pela própria Gemini, que pode ser conferida no site da empresa.

Além de comprar compensações, a Gemini também fez uma alocação US $ 1 milhão por meio do Fundo de Oportunidades Gemini para apoiar empresas, projetos e organizações sem fins lucrativos que se concentram na sustentabilidade na indústria de criptografia. 

Para se manter atualizado, siga a QR Capital no Instagram e no Twitter.

O conteúdo Gemini lança programa que compensa emissão de carbono aparece primeiro em BlockTrends – Blockchain | Investimentos | Economia.

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br